Portal Eletricista

Dicas Gerais sobre instalação elétrica



Como fazer um aterramento eletrico residencial – A importância de um aterramento eficiente.

aterramento eletrico residencial
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Como fazer um aterramento eletrico residencial – A importância de um aterramento eficiente.

O aterramento elétrico é fundamental na hora da instalação elétrica, neste artigo vamos mostrar como fazer um aterramento eletrico residencial com as  3 funções principais.
Aprenda como fazer a instalação de um ar condicionado split
Como escolher o modelo de ar condicionado ideal
Quantas lampadas podem ser instaladas em um disjuntor? dicas

  1. A primeira função é descarregar as cargas acumuladas em sua carcaça para a terra.
  2. A segunda é facilitar o funcionamento dos dispositivos de proteção, como as chaves, fusíveis, disjuntores, entre outros.
  3. A terceira e muito mais importante, é a função de proteger o usuário, como quando por exemplo, acontece uma descarga atmosférica. Assim o aterramento eletrico residencial funciona como um meio para conduzir tal eletricidade até a terra.

Aprenda como fazer a instalação de um ar condicionado split
Como escolher o modelo de ar condicionado ideal
Quantas lampadas podem ser instaladas em um disjuntor? dicas
Claro que o aterramento elétrico possui outras funções, como por exemplo, ele elimina as interferências eletromagnéticas (EMI).

Não basta apenas ter um aterramento eletrico residencial instalado em sua casa ou em sua empresa. É necessário que este aterramento esteja em vigor com as normas regulamentadoras e seja, logico e eficiente.

Dicas para fazer aterramento eficiente

Antes de iniciar o procedimento, você deve estar atento as exigências da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e nas Normas Brasileiras Regulamentadores (NBR).

Dentre várias normas, atente-se as especificações da NBR 5410 (Instalação Elétrica de Baixa Tensão. Na seguinte subseção, 6.3.3.1,  é possível que você encontre sistemas de aterramentos que podem ser feitos, qual o melhor tipo para sua obra.

Para instalar um aterramento a um aparelho específico, o fabricante vem informando qual o tipo de sistema de aterramento pode ser utilizado.

Caso não haja informações, opte por utilizar o sistema TT sempre que for possível. Caso você não consiga opte pelo TN-S e no ultimo caso escolha o sistema TNC.

Os cálculos de dimensionamento de um aterramento eletrico residencial tem que na maioria das vezes se feito por um engenheiro elétrico, o mesmo pode lhe indicar melhor qual o melhor sistema a ser utilizado.

Dicas de como fazer um aterramento eletrico residencial.

1° dica

Na hora de escolher hastes de aterramento, procure sempre escolher sistemas com hastes de 2,5 m, pois assim diminui e muito os riscos de atingir algum duto subterrâneo na hora de sua instalação.

As hastes são feitas de aço e revestida de cobre com o comprimento de 1,5 a 4,0 m, analise bem sua instalação e veja qual comprimento melhor de adaptação ao seu projeto.

2° dica

O eletrodo de cobre citado na dica anterior, deve ser deixado apenas 10 cm para fora, o resto deverá ser todo enterrado. Os eletrodos indicados e também os mais utilizados são os de chapas, cabos, hastes e malhas, e todos eles são feitos de cobre.

3° dica

Agora é hora de conectar um cabo ao eletrodo e leva-lo até o quadro central, e conecta-lo a barra de terra, de tal forma que os fios sejam colocados um e cada eletrodo. Para ficar melhor de intender, cada fio terra será ser conectado a uma tomada.

4° dica

Na hora de colocar o fio Terra, a bitola deve acompanhar a bitola do fio fase, regra valida para cabos de até 16 mm². Passando os 16 mm², a bitola do fio terra pode apresentar metade da dimensão do fio fase.

As cores padrões geralmente são o verde e/ou amarelo.

 

Postar Comentários

Comentários

Tags:

POSTAR UM COMENTÁRIO


0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×