Cálculo de iluminação – Método do índice médio.

Cálculo de iluminação - Método do índice médio.
151 Flares Twitter 0 Facebook 151 Google+ 0 151 Flares ×

A distribuição e o calculo correto de iluminação pode variar os métodos de acordo com a maior eficiência dos métodos simplificados devida a quantidade de variáveis que podem influenciar nesses cálculos luminotécnicos. Grande parte dos fabricantes disponibilizam dados de desempenho e interferência de seus produtos, essa maneira pode ser usada sempre como índice médio, o que torna a tarefa de cálculo para esse sistema mais simples e confiável.

Aprenda como fazer a instalação de um ar condicionado split
Como escolher o modelo de ar condicionado ideal
Quantas lampadas podem ser instaladas em um disjuntor? dicas

O método do índice médio é um dos mas completos métodos onde usa as mais variáveis podendo ser disponibilizadas pelos próprios fabricantes de luminárias, o que lhe garante um melhor desempenho, aproveitamento e garantia de cada luminária

Cálculos e tabelas

Para um calculo de índice médio, funcionam tais métodos de fórmulas sendo K = C X L dividido por (C+L) x H onde K equivale a índice médio, C = comprimento do local em metros, L = largura do local em metros e H = altura da luminária com relação ao plano de iluminação para o piso. Por exemplo uma sala de máquinas com um tamanho de 5,00 metros por 6,00 com uma altura luminária de 3,00 metros com a iluminação indireta. O uso da forma no índice médio é de: K = 5×6 dividido por (5+6) x 3 que é igual a 30 dividido por 11×3 que é igual a 30 dividido por 33 que é igual a 0,91.

Encontrando a resposta dos cálculos veremos em seguida a tabela de índice do local/índice médio e limites. Dividindo o índice do local em letras que vão do A até o J, formando colunas como.

índice de local = A, índice médio = 6,0 com um limite de 4,5 ou mais
índice de local = B, índice médio = 4,0 com um limite de 3,5 a 4,5
índice de local = C, índice médio = 3,0 com um limite de 2,75 a 3,75
índice de local = D, índice médio = 2,5 com um limite de 2,25 a 2,75
índice de local = E, índice médio = 2,0 com um limite de 1,75 a 2,25
índice de local = F, índice médio = 1,5 com um limite de 1,35 a 1,75
índice de local = G, índice médio = 1,25 com um limite de 1,12 a 1,38
índice de local = H, índice médio = 1,0 com um limite de 0,9 a 1,12
índice de local = I, índice médio = 0,8 com um limite de 0,7 a 0,9
índice de local = J, índice médio = 0,6 com um limite inferior a 0,7

Através do índice médio, há um cálculo adotado em vários fabricantes diferentes que levam em consideração fatores de manutenção das lâmpadas e luminárias, vejamos abaixo na tabela o cálculo da luminosidade para um ambiente de acordo com a seguinte conta.

Fí = iluminância x Área do recinto em m dividido pelo coeficiente de utilização x o fator de depreciação

Φ = fí = fluxo luminoso em lumens
E: iluminância ou nível de iluminação em luz
S: Área do recinto em m
μ: Coeficiente de utilização
D: Fator de depreciação.

Postar Comentários

Comentários

About

View all posts by

One thought on “Cálculo de iluminação – Método do índice médio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *