Portal Eletricista

Dicas Gerais sobre instalação elétrica



Fontes de energia alternativas – energia solar, energia eólica, energia hidrelétrica, energia de biomassa, energia geotérmica,dicas

Fontes de energia alternativas - energia solar, energia eólica, energia hidrelétrica, energia de biomassa, energia geotérmica,dicas
99 Flares Twitter 0 Facebook 97 Google+ 2 99 Flares ×

Nos dias de hoje a energia elétrica é essencial na vida dos seres humanos e no desenvolvimento econômico e tecnológico de todos os países. Mas com o aumento da população e o uso contínuo dos recursos naturais é necessário um planejamento e busca por fontes de energia alternativas para a produção e uso consciente destes recursos.

Veja também Como fazer uma Instalações Elétricas: Montagem de um Quadro de DistribuiçãoAprenda como fazer a instalação correta de um Ar-condicionado Split

Podemos considerar como Fontes de Energia Alternativas, qualquer fonte de energia que seja uma alternativa ao uso de combustíveis fósseis. Este tipo de energia também causa pouco ou nenhum impacto no meio ambiente e em sua maioria são renováveis.

Neste artigo iremos abordar as principais fontes de energia alternativas: Energia Solar, Energia Eólica, Energia de Biomassa e Energia Geotérmica.

Veja Aprenda em detalhes como fazer a instalação de um kit de energia solar

Energia Solar

Sinceramente, não há como entender o porquê dos países não aproveitarem em maior escala a Energia Solar. Do ponto de vista ambiental, a Energia Solar é uma das melhores alternativas, pois não produz nenhum tipo de poluição.

O processo para obtenção da Energia Solar é simples. A coleta da luz solar é feita através de painéis que a converte em energia. Mas um dos grandes obstáculos para a disseminação do uso da Energia Solar é o alto preço para a instalação dos equipamentos. Mas o retorno é garantido em alguns anos.

Qualquer casa pode ter módulos de captação de energia solar. Podem ser usados apenas para aquecimento da água ou para energizar toda a casa e os módulos são expansíveis.

Recomento também 10 dicas importantes para economizar energia Economia de Energia: O Gerador Elétrico e a redução de consumo

Energia Eólica

A Energia Eólica é aquela produzida através dos ventos. A humanidade se aproveita da Energia Eólica a milhares de anos. O primeiro uso conhecido foi em 5000 a.C. quando usavam barcos a vela para navegar pelo Rio Nilo. Persas já usavam moinhos de vento por volta de 400 a 900 d.C, a fim de bombear água e moer grãos. Acredita-se que os moinhos de vento tenham sido inventados no ano 1 d.C pelos chineses.

Nos dias de hoje o interesse pela Energia Eólica é cada vez mais crescente. O seu custo está cada vez menor por causa dos investimentos em tecnologias e o aumento de sua produção.

Mas a Energia Eólica possui algumas desvantagens como o impacto visual e sonoro causado nos locais onde são instalados os parques Eólicos. Ainda assim é uma excelente alternativa para produção de energia limpa, valendo a pena fazer estudos de viabilidade que em sua maioria resultam positivamente, para a construção dos parques eólicos e a produção e distribuição da Energia Eólica.

Parques Eólicos de grande porte podem abastecer uma cidade inteira, mas existem também opções menores para abastecimento de residências, bombas de água, etc. Mas assim como a Energia Solar, o investimento é alto e o retorno sobre o investimento deve ser estudado com cautela.

Energia Hidrelétrica

A Energia Hidrelétrica é gerada através da energia da água que movimenta turbinas e gera a eletricidade. Normalmente são criadas represas para este fim.

Cerca de 80% da energia produzida no Brasil provém de hidrelétricas. Esta é uma fonte de energia renovável e limpa, mas enfrenta dificuldades, pois depende do nível dos rios e represas para a sua produção.  O Brasil apresenta um histórico cíclico de períodos de seca, diminuindo o volume das represas e conseqüentemente da produção das hidrelétricas.

Energia de Biomassa

É considerada Biomassa todos os materiais de origem orgânica que sobram dos processos industriais. Estes materiais normalmente são desperdiçados, mas podem ser aproveitados tanto para produzir calor quanto para produzir eletricidade.

Alguns exemplos de Biomassa:

·        Biogás:

O Biogás é um gás produzido através da decomposição de lixo orgânico, dejetos de animais e restos de vegetais. Ele é processado através de um biodigestor.

·        Biocombustíveis:

No Brasil o álcool produzido através da cana de açúcar é o maior exemplo de biocombustível. Mas outras matérias primas podem ser utilizadas para este fim. Um exemplo são os óleos vegetais que, segundo estudos, poderiam substituir satisfatoriamente a gasolina e outros combustíveis de origem mineral.

Esta é uma tecnologia pouco difundida, mas que traria grandes benefícios econômicos e ambientais.

·        Biocombustível para Termelétricas:

Exemplos são os restos de madeira, casca de arroz e muitos outros que ao serem queimados em usinas termelétricas produzem energia. Uma excelente alternativa ao uso do carvão para a produção de energia.

De forma geral podemos concluir que a energia produzida através da Biomassa não é uma energia totalmente limpa, mas com certeza é uma alternativa às energias poluentes como a dos combustíveis fósseis e termelétricas a base de carvão.

Energia Geotérmica

A Energia Geotérmica é aquela produzida através de fontes naturais como termas e gêiseres. As usinas captam os vapores produzidos por estas fontes e enviam para turbinas, que ao se movimentarem, alimentam geradores de eletricidade.

Este tipo de Energia pode ser usado também para o aquecimento de água, além da produção de eletricidade.

De modo geral podemos afirmar que implantar fontes alternativas de captação, produção e distribuição de energia é mais caro do que as fontes tradicionais, mas em longo prazo, com estudos de viabilidade e planejamento, a economia tanto de recursos naturais quanto financeira é gratificante.

Estas fontes alternativas também podem viabilizar o acesso a eletricidade em locais de difícil acesso para as fontes tradicionais de energia.

Além da diversificação de fontes de energia de forma a não causar a dependência de apenas um recurso, prevenindo assim a matriz energética de uma nação. Um exemplo é o que já mencionamos sobre o Brasil que depende quase que totalmente da produção hidrelétrica e enfrenta dificuldades nos períodos de seca.

 
Recomendo Veja a Importância do Aterramento Elétrico nas instalações elétricas

 

 

Postar Comentários

Comentários

Tags:

POSTAR UM COMENTÁRIO


99 Flares Twitter 0 Facebook 97 Google+ 2 99 Flares ×