Portal Eletricista

Dicas Gerais sobre instalação elétrica



Instalação eletrica residencial – dicas, passo a passo

Instalação eletrica residencial - dicas, passo a passo
605 Flares Twitter 0 Facebook 602 Google+ 3 605 Flares ×

A instalação eletrica residencial é um assunto muito importante, que merece a máxima atenção do construtor. Uma instalação elétrica mal feita pode causar sérios problemas, desde o consumo exagerado de energia até curtos circuitos no sistema, ocasionados pela fuga de corrente.

Saiba que a maioria dos problemas que ocorrem em uma instalação elétrica decorrem da má compreensão de como a eletricidade flui através de um circuito elétrico.

Instalação eletrica residencial - dicas, passo a passo

Instalação eletrica residencial – dicas, passo a passo

Instalação eletrica residencial requer o mesmo cuidado que a instalação hidráulica

Você não terá complicação para entender uma instalação elétrica se pensarmos que ela é muito semelhante a uma instalação hidráulica. Se pensarmos na eletricidade como a água que corre, um interruptor como uma torneira e os fios como os canos, tudo fica muito mais fácil.

Dessa forma, tanto a eletricidade quanto a água entram em um imóvel, são distribuídas através da construção e depois “saem”. A água entra através de canos pressurizados; a corrente elétrica através dos fios fase. A “pressão” da corrente elétrica é chamada tensão (popularmente conhecida como “voltagem”).

Da mesma forma que os canos grossos permitem que um maior volume de água flua ao longo deles, fios mais grossos permitem que mais corrente elétrica passe por eles. A quantidade de corrente elétrica que pode passar por um fio é chamada de amperagem.

Uma instalação elétrica é facilmente compreendida a partir do momento que pensarmos nela como se fosse um instalação hidráulica. E da mesma forma como a água deixa um imóvel através de canos não pressurizados, a eletricidade “sai” através dos fios neutros, que tem “voltagem” zero.

A circulação de corrente elétrica requer proteção assim como a água em uma tubulação

Para analisar desde o princípio, qualquer instalação elétrica é feita mediante a um esquema onde O fio fase sai de um quadro elétrico com disjuntores, vai até o interruptor, e a partir daí para a lâmpada. O fio neutro é ligado diretamente na lâmpada, saindo uma seção para alcançar a outra ponta da tomada.

O fio a ser ligado no interruptor será sempre o fio fase (ou positivo), e também que a secção do positivo para a tomada é feita antes de o fio fase seguir para a lâmpada. Se você invertesse o processo, a tomada somente funcionaria quando a lâmpada estivesse acesa. Muito cuidado com estes detalhes.

Esquema de ligação de fios em uma tomada e lâmpada

De modo geral, a instalação eletrica residencial será feita antes mesmo de ser colocado o medidor de luz (relógio), não oferecendo nenhum perigo. Porém, se houver necessidade de alguma ligação já com o sistema funcionando, você precisa saber determinar sem erro qual é o fio fase e qual é o neutro.

Para identificar qual é o fio fase e o fio neutro na fiação basta você usar uma lâmpada de teste, com fios isolados, ligue uma das pontas no fio a testar; encoste a outra ponta na parede ou em um cano de ferro. Se for o fio neutro, a lâmpada não acenderá. Se for o fio fase (positivo), a lâmpada acenderá. Muito cuidado para somente segurar a lâmpada teste nas partes isoladas.
A instalação elétrica começa com a colocação dos eletrodutos que podem ser rígidos ou flexíveis. Atualmente, há preferência pelo eletroduto de plástico flexíveis. Para a colocação dos eletrodutos, é necessário abrir um canal nas paredes; quando se usa tijolos furados basta quebrar a primeira capa. Os fios são colocados depois, com o auxílio de um arame de aço especial.

Postar Comentários

Comentários

Tags:

POSTAR UM COMENTÁRIO


605 Flares Twitter 0 Facebook 602 Google+ 3 605 Flares ×