Portal Eletricista

Dicas Gerais sobre instalação elétrica



Lâmpada fluorescente – dicas, economia, durabilidade, passo a passo

Lâmpada fluorescente - dicas, economia, durabilidade, passo a passo
172 Flares Twitter 0 Facebook 171 Google+ 1 172 Flares ×

Nos dias de hoje já se conta com o incentivo do governo, de órgãos ambientais e de fabricantes para fazer a substituição do uso de lâmpada incandescente por lâmpada fluorescente compactas.

Esse tipo de situação teve o seu início na crise energética de 2001 (divulgado na imprensa como o Escândalo do Apagão) com uma finalidade mais econômica, e hoje toma um apelo ambiental, já que as grandes vantagens na substituição das lâmpadas são o menor consumo de energia e a maior durabilidade das lâmpadas fluorescentes frente às incandescentes.

Economia x durabilidade

Ao mesmo tempo em que as lâmpadas fluorescentes são mais econômicas em relação ao consumo de energia e durabilidade, por outro são pouco atrativas quando se fala de custo (preço de venda). Uma lâmpada fluorescente compacta custa em média 8X mais que uma lâmpada incandescente equivalente.

Mediante a essa comparação é obvio que você pode estar se perguntando: Mas se a fluorescente consome menos e dura mais, então compensa a troca! E é aí que chamo a atenção de vocês. E é nesse momento que é importante ficar atento para certos detalhes.

Fique de olho nas informações!

A fim de conseguir gerar o mesmo fluxo luminoso, uma lâmpada fluorescente consome menos energia que uma lâmpada incandescente de modo que Isso se deve ao princípio de funcionamento de cada lâmpada. Dessa forma, a partir do momento em que a incandescente gera luz a partir do aquecimento de um filamento de condutor que normalmente é tungstênio, a fluorescente depende de um circuito eletrônico. Essa eletrônica é mais exigida no momento do acendimento da lâmpada.

Portanto, uma lâmpada fluorescente não dura muito tempo quando está num ambiente onde o acende e apaga é muito frequente. Com a durabilidade comprometida, seu uso pode representar prejuízo. ( Leia mais aqui)

Lâmpada fluorescente - dicas, economia, durabilidade, passo a passo

Lâmpada fluorescente – dicas, economia, durabilidade, passo a passo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Você pode fazer a pesquisa em muitos sites de fabricantes como a Osran , GE , Philips , Taschibra e FLC e como era de se esperar, a maior preocupação desses fabricantes era mostrar a variedade de produtos a disposição do consumidor. Somente o fabricante FLC trazia a informação sobre as condições de durabilidade da lâmpada diretamente na descrição do produto: “3 anos de duração usando 2,7 horas diárias, 1 acendimento por dia e 1.000 horas por ano”. A Osran possui uma página de “dúvidas frequentes” que traz a informação.

Sendo assim, a dica mais valiosa nesse caso é que você faça o uso de lâmpadas fluorescentes em ambientes onde o acendimento da lâmpada não seja frequente, e ela fique acesa por longos períodos de tempo (cozinhas, salas, quantos…). Em locais onde o acende e apaga é frequente e a lâmpada fica acesa por períodos curtos como nos banheiros, por exemplo, as lâmpadas fluorescente terão sua durabilidade comprometida, portanto continue com as lâmpadas incandescentes.

Postar Comentários

Comentários

Tags:

POSTAR UM COMENTÁRIO


172 Flares Twitter 0 Facebook 171 Google+ 1 172 Flares ×