Portal Eletricista

Dicas Gerais sobre instalação elétrica



Instalação de lâmpadas com interruptores paralelos

Instalação de lâmpadas com interruptores paralelos
946 Flares Twitter 0 Facebook 943 Google+ 3 946 Flares ×

Em uma instalação elétrica, os interruptores simples se tornam tão inadequados como ineficientes em determinadas situações. O exemplo disso é quando se deseja ligar ou desligar a(s) lâmpadas de dois ou mais locais diferentes, como é o caso de um corredor ou uma escada de um sobrado.

Nessa situação, utilizam-se os interruptores paralelos e intermediários.

Os interruptores paralelos são usados para comandar uma lâmpada ou um grupo de lâmpadas de somente dois locais diferentes, portanto necessitamos sempre de dois interruptores paralelos para que possamos efetuar o comando da(s) lâmpada(s).

 Esses interruptores possuem três terminais, sendo que um deles é denominado terminal comum e os outros dois são chamados de retornos ou paralelos. instalação com interruptores paralelos e intermediários

No terminal comum de um dos interruptores, ligamos a fase e no terminal comum de outro interruptor ligamos o retorno para a lâmpada.

 Os outros dois terminais (retornos ou paralelos) são simplesmente interligados entre si, ou seja, são dois condutores paralelos ligados de um a outro interruptor. Os interruptores paralelos podem ser utilizados em diversos locais, tais como: salas, escadarias, corredores, quartos e em outros locais onde se deseja comodidade na instalação, evitando retornar ao mesmo ponto para apagar ou acender a lâmpada.

 O interruptor paralelo é também conhecido com o nome de “thee way” (três vias ou três caminhos). Nas figuras abaixo, vemos alguns exemplos de utilização dos interruptores paralelos, bem como o seu funcionamento e instalação.

Instalação dos interruptores paralelos com lâmpada

interruptores paralelos e intermediários

Instalação do interruptor paralelo instalação de interruptor paralelo na bancada interruptores paralelos

Instalação do interruptor paralelo partindo do QD:

 Na ilustração abaixo, podemos ver os detalhes de uma instalação, partindo do QD – Quadro de Distribuição, utilizando-se os recursos do interruptor paralelo.

 Instalação de interruptores paralelos com lâmpada e tomada.

 Confira a instalação no quadro de distribuiçãorepresentação na planta baixa

Confira também:  Relé de impulso – econômico e versátil

Postar Comentários

Comentários

Tags:

11 Responses

  1. Cláudio diz

    Tenho uma ligação em paralelo onde dois interruptores acendem um lâmpada, um em cada lado da sala, porém ao trocar de lâmpada atual incandescente para fluorescente ou led, a lâmpada fica piscando apagada.

    O que pode ser?

    • Esequiel diz

      Claudio, provavel que seu neutro está no interruptor, e seu fase está direto.

  2. fagner diz

    Olá Eu já vi esquemas com até 2 paralelos e 2 intermediários e gostaria de saber qual o máximo de intermediários da pra fazer para comandar uma lâmpada

    • Luiz Carlos diz

      Você pode colocar quantos intermediários quiser pois basta ir seguindo conforme o artigo. Seria basicamente assim. Paralelo nas fazendo a ligação dos intermediários a ligação é como a do primeiro intermediário é só ir acrescentando os intermediário.

  3. Renan lima diz

    Não gostei muito sem foco

  4. Carlos diz

    No esquema funcional as nomenclaturas estão trocadas, R1, PE e N1 estão como terra, fase e neutro, já na tomada, N2, PE e R2 está correto.
    Abraços.

  5. joao regis diz

    quero apreder estar circuito paralelo com varias lampadas.

  6. joao regis diz

    queria mas informacao sobre como estalar um circuito paralelo com 4 lampada com dijuntor bi polar

  7. ELMANO TRINDADE JUNIOR diz

    QUERIA SABER ALGUMAS COISAS SOBRE MOTORES COM CHAVE MAGNÉTICA!!!!!!!!!!!

    • Portal_eletricista diz

      Ok, logo estaremos trazendo aqui um artigo falando sobre motores com chave magnética

      Agradecemos pela visita.

      • idamar diz

        muito bom

POSTAR UM COMENTÁRIO


946 Flares Twitter 0 Facebook 943 Google+ 3 946 Flares ×