Portal Eletricista

Dicas Gerais sobre instalação elétrica



Instalações Elétricas: Montagem de um Quadro de Distribuição

Entenda como funciona a montagem de um Quadro de Distribuição
1.7K Flares Twitter 0 Facebook 1.7K Google+ 5 1.7K Flares ×

Em qualquer instalação elétrica, devemos saber como realizar os procedimentos correspondentes à execução de um projeto elaborado previamente, em conformidade com as especificações previstas na NBR 5410 (norma que regulamenta as instalações elétricas em baixa tensão) e NR-10 (segurança em instalações e serviços em eletricidade). A energia que chega até nossas residências provém da rede de distribuição da concessionária, que seria a companhia de eletricidade responsável pelo fornecimento desse serviço.

No caminho até os interruptores e tomadas, essa energia passa pelo quadro de medição que está associado a um equipamento o qual mede o consumo mensal (medidor) e daí então chega através de um ramal de entrada ao chamado quadro de distribuição de onde partirão os circuitos que irão alimentar pontos de luz (ou lâmpadas), interruptores para acionamento das lâmpadas (comandos), tomadas que fornecerão energia aos aparelhos eletroeletrônicos a elas plugados, além de cargas cuja potência é considerada elevada como chuveiros elétricos, máquinas de lavar, forno micro-ondas, etc.

Como funciona a montagem do quadro de distribuição

Para efetuar a montagem de um quadro de distribuição ou QD como é usualmente conhecido, precisa-se saber quais dispositivos o constituem e compreender a função de cada um desses componentes. Lembrando que uma instalação deve ser adequada à sua função e prover de modo seguro e confiável a energia requerida pelos circuitos terminais de carga.

Em primeiro lugar as instalações podem ser classificadas de acordo com o tipo de alimentação do elemento de proteção geral chamado disjuntor. Esse dispositivo é responsável por evitar danos aos circuitos a serem energizados, possuindo uma chave que desliga quando a corrente nominal permitida pela carga for ultrapassada. Nesse caso por questões de segurança a chave desarma protegendo assim as instalações quanto a avarias provocadas por um curto-circuito ou sobrecarga. Abaixo, vemos três tipos de QD (quadro de distribuição) para circuitos monofásicos, bifásicos e trifásicos respectivamente:

Utilizando as legendas DTM para disjuntor termomagnético e DR para disjuntor diferencial residual vemos a configuração básica de cada quadro conforme o disjuntor utilizado.

Montagem do quadro de distribuição Monofásico com DTM

Fazendo a montagem do quadro de distribuição Monofásico com DTM

Montagem do quadro de distribuição Monofásico com DR

Fazendo a Montagem do quadro de distribuição Monofásico com DR

Montagem do quadro de distribuição Bifásico ou Trifásico com DTM

Montagem do quadro de distribuição Bifásico ou Trifásico com DTM

Montagem do quadro de distribuição Bifásico ou Trifásico com DR

Montagem do quadro de distribuição Bifásico ou Trifásico com DR

Os disjuntores conforme vimos, servem para proteger os circuitos que alimentam as cargas em todo o ambiente (seja residencial ou comercial). Existem dois barramentos contendo os condutores neutro e de proteção aonde o primeiro deve estar isolado eletricamente do quadro de distribuição e o segundo (de proteção) deve estar acoplado a ele, constituindo portanto a proteção dos circuitos contra choques no contato indevido com superfícies conduzindo energia, sendo que este encontra-se ligado ao aterramento geral da instalação.

Fundamentos para a montagem de um Quadro de Distribuição

Para instalar de maneira correta um quadro de distribuição é necessário que o eletricista tenha em mãos ferramentas essenciais que lhe auxiliarão durante o processo de montagem. Seriam elas:

Equipamentos de Proteção Individual (EPI) visando a proteção do instalador:

  • Capacete
  • Máscara
  • Óculos de Proteção
  • Luvas
  • Botas

Ferramentas:

  • Alicate universal
  • Alicate de corte frontal
  • Chave de fenda
  • Chave philips
  • Cinta de nylon para abraçadeira
  • Arco de serra
  • Estilete
  • Fita isolante
  • Disjuntores DIN
  • Pente dentado para instalação de FASE

13 passos de como executar o procedimento na montagem o quadro de distribuição

1)    Identifique o local em que deverá ser instalado o Quadro de Distribuição: essa informação é obtida conforme a leitura do projeto idealizado (layout ou desenho);

2)    Recomenda-se que o Quadro de Distribuição seja chumbado na parede, utilizando a configuração de embutir adequada ao método adotado pelo fabricante citado (existem quadros que sobrepõem a parede);

3)    Realiza-se a distribuição dos circuitos terminais com os cabos e fios que irão alimentar as cargas da instalação como lâmpadas, tomadas, chuveiros e demais equipamentos de alta potência. Em seguida esses circuitos já podem ser montados no Quadro de Distribuição;

4)    No suporte interno instale os disjuntores DIN conforme indicado pelo fabricante, sendo estes normatizados. Verifique o layout do projeto, efetuando a instalação dos dispositivos e seguindo as instruções nele constantes;

5)    Realize a conexão entre os disjuntores através do cabo de alimentação fase, conhecido como sistema jumping, ou por meio de um barramento fase que é encontrado facilmente em lojas de materiais elétricos;

6)    Finalizar os circuitos correspondentes de fase, neutro e terra ao disjuntor diferencial residual (que evita a tensão de contato perigosa quando a pressente nos equipamentos) e disjuntor termomagnético (que realiza a proteção dos circuitos contra sobrecarga e curto-circuito);

7)    Encaixar o suporte contendo os disjuntores previamente montados nas torres do corpo do Quadro de Distribuição. Em seguida deve-se pôr a tampa por cima que nivelará o encaixe caso ele tenha sido efetuado parcialmente;

8)    Montar o suporte no corpo dos barramentos neutro e terra e ajustá-los às laterais do Quadro de Distribuição, verificando se no local em que serão encaixados existe sujeira que possa impedir o encaixe perfeito deles;

9)    Fazer a conexão dos fios neutros e terras aos devidos barramentos, além dos fios de alimentação (fase) aos disjuntores que irão proteger os circuitos terminais aos quais deverão ser ligados também;

10)  Realizadas todas as ligações, fixe a tampa no corpo do quadro utilizando parafusos (no quadro de distribuição Amanco existe uma trava com gravações “A” que representa o estado em que o parafuso está aberto e “T” representando o estágio em que ele encontra-se travado);

11)  Colar abaixo de cada disjuntor um adesivo que identifique seu uso;

12)  Se não forem utilizados todos os espaços para disjuntores, cubra as superfícies em aberto com tampa para disjuntores (tampa cega);

13)  Encaixar a tampa do quadro por cima (nesse caso a Amanco possibilita a abertura dela em dois sentidos).

Seguindo esse passo a passo, poderá ser instalado de forma adequada o seu quadro de distribuição. Lembre-se de contratar um profissional qualificado (eletricista) para execução dos procedimentos, visando a segurança e garantia quanto a realização do serviço.

Tomando por base as instruções apresentadas no site do fabricante de materiais elétricos Amanco (http://www.amanco.com.br).

Passo a passo: Como instalar um Ventilador de Teto: 

Postar Comentários

Comentários

Tags:

14 Responses

  1. esquema de ligação diz

    Boa tarde ! poderia me explicar melhor o esquema deligação bifasico e trifasico com dtm ?

  2. Natanael fontes diz

    Olá boa tarde ,a minha rede é 127v. do padrão até no quadro de distribuição tenho 4 cabos de 10mm ,que é 2 pro chuveiro e o outros 2 cabos de 10mm é pra tomadas,iluminação e máquina de lavar ,a minha dúvida é eu posso puxar 1 cabo de 6mm do quadro de distribuição para ligar 2 chuveiros.

  3. BENEDITO FROTA DO NASCIMENTO diz

    Oi boa noite eu gostaria de saber como consertar contatoras e chaves magneticas.por favor há algum manual no portal do eletricista que eu possa comprar para melhorar meus conhecimentos? obrigado aguardo resposta do portal.

    • LEONARDO diz

      BOA TARDE TENHO TODA ESSA LINHA COM UM PREÇO BEM ABAIXO QUE DO MERCADO

  4. Aremi diz

    NO meu apartamento preciso de 220v na rede de iluminação, pelo que eu entendi nos quadros de força, irei precisar localizar o neutro corresponde a iluminação e passar ele para fase para dar 220v, seria o correto? todo quadro esta identificado já localizei o disjuntor correspondente a fase da iluminação!

    • beto diz

      Antes de passar para 220v, voce precisa ver se todos seu eletros suportam 220v. Não esqueça das lampadas, ela precisam tambem ser de 220. è correto simplesmente ligar o neutro em outra fase.Lembrar que toda a iluminação, tomadas, chuveiros, lavadoras, ar condicionado, computadores e todos os eletros terão que ter a voltagem de 220v.

  5. wagner diz

    Estou num apartamento recém entregue pela construtora, bom, no Quadro tem um disjuntor de 63A para o geral. Pretendo colocar dois chuveiros de 220v um de 7.500w e outro de aproximadamente 6.500w ( pois ainda nao escolhi). Toda a rede é de 110v, contudo, o quadro é bifásico e existe a possibilidade de colocar os 2 chuveiros em 220v. Contudo, já ouvi falar que ao ligar os 2 chuveiros irá desarmar o disjuntor. Existe alguma possibilidade me trocar algo para que não desarme o disjuntor? Se eu trocar o disjuntor de 63a por um de 80a resolverá o meu problema?

    • João diz

      Seu disjuntor irá desarmar caso utilize os 2 chuveiros juntos.

      Existe uma fórmula simples para calcularmos a corrente (Ampéres) que o aparelho irá consumir:

      Basta dividir a Potência do aparelho (Watts) pela tensão (110V/ 220V)

      Portanto, temos:
      7500,00W / 220V = 34,09A

      6500,00W / 220V = 29,54A

      34,09 + 29,54 = 63,63A (Seu disjuntor desarmaria)

      A questão do disjuntor não tenho conhecimento técnico o suficiente para respondê-lo, porém, creio que você deva verificar se o cabo suporta a corrente.

      • beto diz

        tera de colocar um fio 12mm no mínimo para os dois aparelhos em conjunto.

  6. avimar amaral diz

    gostei muito do site tem dicas muito boas!!

  7. marcel ramos dos santos diz

    tenho um sobbrado 3 andares;1 andar sala,cozinha,lavabo…com um quadro de distribuiçao pretendo colocar dijuntor 63a.geral,um 20amp. para 220v e 4 de 15amp. para lampadas e tomadas……no 2 andar tenho 2 quartos 2 banheiros, com outro quadro de distribuiçao ligando com o quadro do 1 andar,minha dificuldade esta ai,que dijuntor devo usar 50amp.da para segurar os 2 chuveiros……….voces pode me ajudar …..muito obrigado.

    • Portal_eletricista diz

      Primeiramente pedimos desculpas na demora em responder ao seu comentário e desde já agradecer pela visita em nosso Portal Eletricista.
      Bom sobre sua duvida, isso vai depender muito da potencia que você irá utilizar nesse segundo andar. Vou dar um exemplo prático; sendo 2 chuveiros ligado a uma tensão de 220v no qual cada chuveiro tem uma potencia de 5500 Watts, consumindo assim 25 A (amper) cada um, cada quarto tem dois pontos de luz que iram consumir 60 watts cada ponto, e também cada quarto possui 3 pontos de tomadas com 100 Va cada.

      Vamos lá: Total de carga para os chuveiros: potencia 11500 W, tensão 220v, corrente 50 A
      Total de carga de iluminação: potencia 240 w, tensão 127v, corrente aprox. 2 A
      Total de carga de pontos de tomada: potencia 600 Va, tensão 220v, corrente aprox. 3 A

      Você poderia usar um disjuntor de 25 Amper para cada chuveiro com um fio de 4mm

      Mas mesmo assim caso não tenha nenhum conhecimento em elétrica eu recomendaria que contratasse um profissional para fazer o dimensionamento para que não venha ter complicações no futuro.

      Qualquer dúvida envie um novo comentário ou um e-mail.

  8. Manoel Araújo da Silva diz

    O simples com muita eficiência. Origado pela dica!!!

    • Portal_eletricista diz

      Nós do Portal Eletricista agradecemos pela visita.

POSTAR UM COMENTÁRIO


1.7K Flares Twitter 0 Facebook 1.7K Google+ 5 1.7K Flares ×