Motor de Corrente Continua – dicas, passo a passo

Motor de Corrente Continua - dicas, passo a passo
600 Flares Twitter 0 Facebook 600 Google+ 0 600 Flares ×

O motor de corrente continua também são chamados de motores DC pois eles funcionam através de dispositivos que são capazes de provocar uma atração e repulsão geradas através de eletroímas. Esses motores tem sido cada dia mais usados, já tem bastante tempo que ele surgiu no mercado e desde então  vem passando por processos de aprimoramento até se tornar o mais eficaz e completo motor de corrente continua da categoria.
Motores elétricos – dicas, função, tipos, passo a passo
Comandos Elétricos e sua composição – importâncias, dicas
Como montar um transformador monofásico – passo a passo, dicas

Embora sejam bem eficazes esses motores possuem um custo elevado, e precisa de uma fonte de corrente continua, logo, o seu consumo de energia também é alto. Nos tempos atuais, onde a energia elétrica tem sofrido fortes aumentos, seu uso tem sido repensado por especialistas, já que o custo x benefício ficou muito alto, dificultando para quem dependia dele. O funcionamento dele se dá por meio de circuito indutor, circuito induzido e também circuito magnético.

Motor de Corrente Continua - dicas, passo a passo
Motor de Corrente Continua – dicas, passo a passo

Entendendo um pouco mais sobre o motor de corrente continua

São as forças magnéticas que proporcionam força e torque para que esse motor funcione. A única desvantagem desse tipo de motor é mesmo o seu preço, que é o mais elevado da categoria, e por isso e também pelos fatores citados anteriormente seu uso vem sendo descontinuado, embora seja indicado para muitas finalidades.

Se o motor de corrente continua for comparado com outros motores, ele apresenta um custo mais elevado, mas a sua funcionalidade é bem interessante já que proporciona um ótimo retorno. Esse motor pode gerar tensão continua de maneira controlada a partir de uma rede alternada.

Mesmo tendo um custo mais alto ele se mostra o mais indicado para inúmeros casos e diversas situações, tanto que continua sendo usado em muitas aplicações, tais como elevadores, moinhos de rolos, máquinas de papel, laminadores, indústria de borracha e muito mais. O uso desse motor é mesmo muito alto, por isso que ele tem sido tão indicado para inúmeras finalidades.

Ele é composto por duas estruturas magnéticas que compõem esse motor de corrente contínua, a primeira é o estator e o segundo é o rotor. Ambos resultam em um trabalho muito significativo para as aplicações onde são utilizados, e mais uma vez ressaltamos o por que deles serem usados até hoje se são de alto preço, e a eficácia é o que justifica isso.

A velocidade que esse motor trabalha é definida através da corrente de armadura nominal. Um motor confiável para as aplicações, seu desempenho é excelente e quem trabalha com eles são engenheiros de várias áreas. Conforme mencionado anteriormente a aplicação desse motor é grande e por isso que ele tem sido cada dia mais indicado.

Processo evolutivo do motor de corrente continua

A evolução do motor foi muito importante para garantir a eficácia que ele tem hoje, o mesmo surgiu assim que as primeiras máquinas elétricas começaram a surgir no mercado, e desde então os ajustes deixaram-no ainda melhor. Mesmo com as mudanças alguns princípios de funcionamento desse motor permanecem o mesmo, somente alguns detalhes é que foram alterados.

Postar Comentários

Comentários

About

View all posts by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *