Saiba como ligar corretamente um disjuntor

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

O primeiro passo é saber que o disjuntor é um componente presente e obrigatório em qualquer instalação elétrica. Assim, o eletricista está em constante contato com o disjuntor e por mais que seja um objeto simples, faz total diferença na montagem de um quadro elétrico, por exemplo. Disjuntor desarma a toda hora ? dicas, passo a passo

Como dimensionar um disjuntor trifásico – dicas, passo a passo

Como instalar um disjuntor bipolar – dicas, passo a passo

O disjuntor é um interruptor automático, que identifica uma corrente de sobrecarga ou curto-circuito o seccionando, impedindo assim que os equipamentos ou mesmo o circuito sejam danificados.

Dicas para instalar o disjuntor

Por mais que haja baixa tensão ou tensões pequenas, um choque elétrico dependendo da condição pode ser fatal! Por isso, sempre desligue os circuitos da instalação sempre que for trabalhar com ele.

Se você estiver inseguro com relação às instruções que são transmitidas, não exite em chamar um profissional qualificado para essa função.

Nunca faça uma instalação de um disjuntor em uma caixa que não foi feita para isso ou que não suporte a quantidade necessária, por isso, sempre dimensione antes.

Antes de utilizar os dispositivos de teste, verifique se eles estão funcionando, faça o teste em lugares de confiança.

Quais os materiais e ferramentas necessários?

Abaixo uma listinha com os materiais necessários para instalar um disjuntor:

  • Cabos;
  • Etiquetas;
  • Alicate desencapador;
  • Alicate de corte;
  • Chave de fenda ou “Phillips”;
  • Chave de teste;
  • Multímetro;
  • Disjuntor.

É de extrema importância usar as ferramentas corretas, utilizando sempre materiais e ferramentas de boa qualidade para que os riscos sejam os menores possíveis na hora da instalação.

Como substituir uma caixa de fusivel por uma de disjuntor

Quantas lampadas podem ser instaladas em um disjuntor – dicas, passo a passo

A eletricidade é perigosa, assim desligue todos os circuitos antes de começar qualquer instalação. É recomendado que desligue o disjuntor geral, notificando a todos que estejam no local sobre a instalação que você está trabalhando, para que haja o risco de alguém ligar o circuito no momento da instalação.

Tenha um cadeado para que possa fechar o disjuntor e que ninguém tenha acesso ao circuito sem que você esteja ciente. Após desligá-lo, certifique-se que o lugar de instalação o novo disjuntor esteja sem energia.

Caso haja o acréscimo de um disjuntor em um quadro de distribuição de circuitos, veja em qual posição estão os outros, onde é a entrada e saída, mantendo um padrão, diminuindo as chances de erros. O mesmo deve ser feito caso seja uma nova instalação.

De acordo com o modelo de seu disjuntor, faça a fixação dos dispositivos de acordo com a alimentação por cima e por baixo das saídas, de forma que fique padronizado, respeitando sempre a ordem.

Com a ajuda do alicate decapador, desencape os condutores e faça com que a alimentação dos disjuntores seja por cima, caso a montagem do quadro de distribuição novo costuma ter a saída do disjuntor geral é ligado nas outras entradas, interligados por jumpers.

Faça a conexão dos cabos de cada circuito no borne de saída dos seus disjuntores. É interessante destacar todos os disjuntores com marcas de polaridade, onde cada fase de saída e entrada sejam respeitados.

Antes de fechar o quadro, ligue os circuitos e faça os testes, verificando se está tudo certo, sem nenhuma irregularidade. Finalize colocando uma etiqueta especificando de qual circuito é.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Postar Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×