Portal Eletricista

Dicas Gerais sobre instalação elétrica



Conheça tudo sobre a profissão de Eletricista

Conheça tudo sobre a profissão de Eletricista
602 Flares Twitter 0 Facebook 600 Google+ 2 602 Flares ×

É importante avaliarmos bem um determinado campo de estudo enquanto decidimos pela escolha profissional a ser feita. Isso facilita mais a compreensão sobre inúmeras dúvidas ou questionamentos feitos quando se deseja avaliar qualquer área, desde os conhecimentos necessários a uma boa formação até os pré-requisitos determinantes que servem como diferenciais e referências a nível de mercado.Conheça nesse artigo a profissão de eletricista, suas características e fundamentos.As informações apresentadas a seguir têm o intuito de informar aos apaixonados por eletricidade sobre o que irão precisar conhecer e fazer durante a carreira, esclarecendo alguns pontos decisivos que auxiliarão na tomada de decisão acerca do interesse apresentado.

Definição de Eletricista  

O eletricista é o profissional responsável por executar uma instalação elétrica qualquer, realiza vistorias que garantem o funcionamento adequado de qualquer sistema elétrico conforme as normas aplicadas no desenvolvimento e efetua reparos quando necessário em aparelhos sejam elétricos ou eletrônicos ou até mesmo redes de distribuição de energia elétrica. Existem três categorias que identificam essa profissão, podendo ser o eletricista: residencial, industrial ou predial. Faremos uma análise minuciosa dos critérios de avaliação profissionais, dividindo os conceitos em diversas seções que descreverão os fundamentos principais a serem apresentados.

Funções de um Eletricista.

O que faz o profissional eletricista?

Basicamente, podemos dizer que as funções de um profissional da eletricidade são baseadas nos conhecimentos adquiridos que lhe dão competências exclusivas. Então as tarefas que deverão ser executadas e suas responsabilidades podem ser descritas a seguir:

  • Análise e interpretação da fiação elétrica representada por desenhos técnicos;
  • Após a identificação dos circuitos, promove a instalação dos condutores (fios elétricos). Também instala equipamentos elétricos quando necessário, além de realizar a manutenção deles e de circuitos em geral;
  • Efetua reparos em equipamentos elétricos danificados, sendo que deverá substitui-los em caso de perda irreversível;
  • Realiza manutenções em maquinário elétrico;
  • Avalia serviços elétricos e verifica a segurança destes em termos de funcionamento;
  • Analisa o funcionamento de equipamentos elétricos, registrando defeitos ocorridos em uma espécie de histórico e reparos efetuados ao longo de toda vida útil destes;
  • Ajusta o melhor orçamento em termos de serviços a serem realizados, aonde poderá acordá-lo com o cliente se necessário for.

Quais habilidades devo ter para me tornar eletricista?

Vamos conhecer quais habilidades devem ser adquiridas pelo profissional eletricista, que o tornarão apto a exercer suas funções principais. Antes de mais nada sabemos que o conhecimento é estrutura básica que assegura o bom exercício de qualquer atividade operacional. Isso estende-se a toda esfera de ocupação conforme sua natureza. O eletricista portanto necessita de:

Boa habilidade técnica: que consiste no domínio pleno do conhecimento prático durante a realização de qualquer trabalho;

Boa habilidade em resolver problemas: diante de algumas situações, o profissional deve estar preparado para identificar soluções adequadas à realização de um serviço, obedecendo sempre às normas existentes e procurando estabelecer um ajuste de valores que se adeque melhor ao poder aquisitivo dos clientes;

Boa habilidade em instalar fios, cabos e equipamentos elétricos: isso é necessário para garantir que a obra seja executada, conforme o que fora previsto durante a fase de planejamento por exemplo de uma instalação elétrica. No caso de equipamentos, deverá ter conhecimentos que garantam o bom funcionamento segundo a função a que se propõem;

Saber usar ferramentas de teste: existem algumas situações práticas em que o eletricista deverá identificar condutores vivos ou saber aonde ocorre passagem de corrente elétrica em determinado circuito elétrico por exemplo. Nessas circunstâncias o uso de equipamentos de teste é indispensável;

Saber reparar e substituir equipamentos elétricos: é preciso identificar danos ocorridos em equipamentos e qual a intensidade do problema ocorrido. O eletricista analisará a situação, dando em seguida um diagnóstico preciso sobre a opção ideal que extinguirá a avaria, seja através de um simples reparo ou até mesmo substituição do equipamento por um novo;

Saber fazer cálculos e interpretar desenhos técnicos: todo projeto requer do profissional habilidade para realização de cálculos, pois com isso ele irá dimensionar os dispositivos e equipamentos a serem utilizados em uma instalação elétrica a ser posteriormente executada. Nessa segunda fase, deverá interpretar símbolos existentes em folhas previamente impressas, contendo informações que irão orientá-lo durante todo processo de fiscalização da obra;

Excelente comunicação, saber ouvir e registrar: uma boa relação com o contratante (cliente) é a chave do sucesso profissional de qualquer eletricista. Então é preciso captar o máximo de informações a serem utilizadas na elaboração de um projeto elétrico, registrando-as durante o diálogo sobre o serviço a ser contratado;

Saber usar computador é recomendável: o computador é uma ferramenta altamente indispensável nos dias atuais. Ele facilita na realização das tarefas de um eletricista, oferecendo softwares (programas) para planejamento de uma obra, podendo ser qualquer ferramenta CAD para elaboração das pranchas (folhas de desenho) a serem impressas posteriormente em *plotters.

* Plotters são impressoras destinadas a imprimir desenhos em grandes dimensões, com elevada qualidade e padrão, como por exemplo mapas cartográficos, projetos de engenharia e arquitetônicos.

Conhecimentos necessários a qualquer eletricista

Confira os conhecimentos necessários para se tornar um eletricista

O curso necessário à formação de um eletricista, engloba conhecimentos que precisam ser muito bem assimilados. Veja a seguir:

Eletrotécnica

Aqui estuda-se os fundamentos teóricos que servirão de base para a realização dos trabalhos práticos. Essencialmente são vistos esses assuntos: eletricidade, resistência elétrica, potência e energia, circuitos paralelos, em série e mistos, condensadores, magnetismo e eletromagnetismo, corrente contínua e alternada, sistemas monofásicos, bifásicos e trifásicos, transformadores, dínamos, motores e alternadores.            

Instalações Elétricas de Interior:

Para o planejamento de uma instalação elétrica é necessário ter noções de representação dos componentes (elementos integrantes). Para isso é feito um estudo de caso que identifica práticas a serem aplicadas no decorrer de um serviço contratado. Nesse quesito estuda-se: representação gráfica dos elementos em um circuito, símbolos das instalações elétricas e segurança dessas instalações sejam elas residenciais, prediais ou industriais.

Segurança das Instalações Elétricas:

Pensando na garantia de um bom serviço executado, todo eletricista deve ter a responsabilidade de assegurar a integridade das pessoas e animais bem como do próprio ambiente. A segurança é portanto item prioritário a considerar. Estuda-se para tanto: normas de segurança no campo elétrico, prevenção dos riscos elétricos, aterramento das instalações elétricas.

Procedimentos de Primeiros Socorros:

Nunca se sabe quando ocorrerá um acidente de trabalho e, acontecendo, qual o risco sofrido pela vítima. Pensando na condição de sobrevivência em situações imprevisíveis como essa, o profissional eletricista deve estar preparado para prestar o devido auxílio a um colega de profissão no ambiente de trabalho, dentro de seus conhecimentos adquiridos. O curso de primeiros socorros serve para um atendimento de urgência, lembrando que não dispensa a necessidade do auxílio a ser prestado por paramédicos, ligando para o telefone de emergência da sua cidade.

Certificações que devem ter os profissionais eletricistas.

certificações que um eletricista deve ter para ser um profissional qualificadoA NR-10 (sendo NR a sigla de Norma Regulamentadora), estabelece que os trabalhadores aptos a exercer atividades com eletricidade são todos que possuem habilitação ou sejam capacitados, portanto recebam qualificação através de treinamento obrigatório com anuência formal da empresa.

Em um de seus anexos a norma acima mencionada estipula os treinamentos compulsórios a todo e qualquer trabalhador que precise desempenhar atividades com eletricidade a saber:

Curso BásicoSegurança em Instalações e Serviços com Eletricidade, com carga horária de 40 horas, para todos os trabalhadores que pretendem atuar com eletricidade;

Curso ComplementarSegurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP) e em suas proximidades, com carga horária de 40 horas, adequado a profissionais que exercem atividades no Sistema Elétrico de Potência ou em suas proximidades.

Sabemos que o conhecimento é um grande diferencial no exercício de qualquer atividade profissional a ser executada, qualificação é indispensável.

Então como inicio na profissão de eletricista?

Antes de mais nada é preciso conhecer algumas recomendações auxiliares que servem como suporte ao ingresso nas atividades que serão desempenhadas. Ter o nível médio completo consiste num diferencial importante, pois os conhecimentos a serem adquiridos são vistos na disciplina de física que faz parte do histórico escolar, pertinente aos três anos que integram o ensino de 2º grau em qualquer escola. Investimentos em cursos se fazem necessários aonde cabe aqui mencionar a importância de 3 em especial que capacitam o interessado: eletricidade, eletrônica e conserto de equipamentos. Os aprendizes têm que ser acompanhados por um profissional competente, responsável por fiscalizar as atividades e definir habilidades adquiridas conforme observações prévias durante o exercício dos serviços que lhe sejam confiados.

Conhecendo o local de trabalho dos eletricistas

As condições em que profissionais da eletricidade costumam estar imersos são aquelas situações corriqueiras que definem exemplarmente os objetivos a que se destina o emprego desses trabalhadores. Citamos aqui as principais circunstâncias nas quais verifica-se a presença do eletricista e demais peculiaridades observadas:

  • Estes profissionais trabalham em qualquer construção a qual esteja em andamento ou que esteja sendo reparada e até mesmo modificada por razões justificadas previamente;
  • Eletricistas devem estar aptos a trabalhar com projetos, sejam eles os mais simples (luminotécnica e instalações de iluminação pública) até os mais complexos (que envolvam alta potência, dimensionando cabos adequados a essa condição);
  • Qualquer trabalho em ambiente externo só poderá ser executado em condições satisfatórias de clima (estabilidade, sol forte) evitando assim acidentes gerados por descargas atmosféricas em dias de fortes chuvas;
  • Os profissionais da eletricidade devem estar preparados para enfrentar algumas situações perigosas, mediante isso recomenda-se utilizar os EPI’s que minimizam quaisquer efeitos de um choque elétrico que ocorra no contato com os condutores ou partes vivas em determinada instalação elétrica;
  • Um profissional contratado pode ser requisitado a concluir o serviço dentro de um prazo estipulado. Portanto esteja preparado para administrar situações como essa;
  • Normalmente a jornada de trabalho comum é de 40 horas semanais, distribuída em 8 horas diárias durante os cinco dias úteis;
  • Se necessário, um eletricista pode vir a trabalhar nos finais de semana também, lembre-se que poderá ser solicitada(o) por exemplo a instalação de um equipamento ou reparo qualquer por um cliente residencial/comercial independente do dia;
  • Alguns equipamentos e ferramentas mais utilizados pelos eletricistas são: chave de fenda, furadeira elétrica, aparelhos de testes com ohmímetro ou voltímetro, escadas, carros, equipamentos de segurança, luvas, botas, óculos de segurança, computadores. Eles garantem o desempenho das atividades comumente programadas;
  • O trabalho é realizado de forma individual ou em equipe. A natureza do contrato define especificações qualitativas a respeito das tarefas necessárias à execução do serviço;
  • O eletricista deve possuir capacidade de gestão, pois mantém comunicação com diversas pessoas, podendo inclusive supervisionar o trabalho de aprendizes durante o período de experiência profissional a que devam ser submetidos.

Análise do Futuro Profissional 

Concluímos que a profissão de eletricista é sobretudo importante, porém bastante desafiadora. Analise criteriosamente os fundamentos teóricos apresentados ao longo do que expusemos, adquirindo assim uma visão ampla sobre as características especiais que definem um técnico em eletricidade (termo que melhor designa um eletricista). Pesquise muito, converse com profissionais experientes sobre assuntos relacionados ao ramo, tire suas dúvidas. Não se limite a simples leitura desse artigo, busque mais informações. Quando estiver ciente da sua escolha, siga em frente, prepare-se adequadamente. O mercado de trabalho cada vez mais solicita bons eletricistas, empregos estão sendo criados sobretudo nas áreas de telecomunicações e eletrônica. Enfim, só escolha seguir essa profissão caso consiga gostar muito de eletricidade e entenda bem tudo que terá de enfrentar ao exercê-la.           

Postar Comentários

Comentários

Tags:

10 Responses

  1. ezake diz

    Foda-se

  2. Valter Canhizares diz

    Ola bom dia
    Eu fiz um curso Portanto não atuo na area.
    gosto muito,e sou curioso.
    Faço muitos consertos,e modificações eléricas em meu convivio.
    como faz tempo que fiz o curso,sempre tem algumas duvidas,por isso estou sempre pesquisando na internet.
    foi por isso que encontrei seu portal li e gostei muito.
    PARABENS> d canhizarese Valter
    [email protected]

  3. Laura Paloma Moreira diz

    Gostaria de saber se existe mulheres nesse ramo da eletricidade, vou começar o meu curso de eletricidade industrial

  4. jose martins dos santos diz

    gostaria fazer o curso de eletrotcnico favor indicar uma escola na zona leste sao paulo

    • Portal_eletricista diz

      Infelizmente eu não conheço as instituições que oferecem cursos, o que eu posso dizer é que o a Centro Paula Souza abriu inscrições você pode estar entrando no site para verificar a disponibilidade do curso técnico em eletrotécnica em sua região.

      site ( http://www.vestibulinhoetec.com.br/home/)

      Agradecemos pela visita em nosso Portal Eletricista. Estamos a sua disposição.

  5. Francisco de Assis diz

    Amigos qualquer informação ou novidade que vocês tiverem relacionada a eletro eletrônica pode enviar para mim.Att,Francisco

    • Portal_eletricista diz

      Nós do Portal Eletricista agrademos a visita.

      Assine nossa Newsletter e fique atualizado quando divulgarmos outros artigos.

  6. jonas cipriano campos diz

    gosto de td isso abçs

  7. jonas cipriano campos diz

    mande bastante portal eletricista sera sempre benvindo amigos abçs

POSTAR UM COMENTÁRIO


602 Flares Twitter 0 Facebook 600 Google+ 2 602 Flares ×