Categorias
Dicas

Como medir a tensão de uma tomada elétrica – dicas, passo a passo

A tensão exata de uma tomada pode variar de acordo com a distância e flutuações de demanda. Por isso, a tensão de uma tomada é especificada através de uma faixa, e não por um valor exato.

Medir a tensão de uma tomada é muito simples, mas se você ainda tem dúvidas de como executar, basta continuar lendo e descobrir agora mesmo!

 

COMO MEDIR A TENSÃO DE UMA TOMADA – PASSO A PASSO

  1. Você vai precisar de um voltímetro digital, que deverá ser ligado. Se a medição for feita através de um medidor tradicional e analógico, não será necessário o uso de energia, ou seja, ele não terá um botão para ligar e desligar.

 

  1. Deixe as configurações do voltímetro prontas para a medição da corrente alternada, que é o tipo de eletricidade de uma casa, identificada pela sigla AC, ou por uma linha ondulada, ou uma linha horizontal que fica acima da linha ondulada.

 

  1. Você deverá configurar o voltímetro, para que ele possa medir um intervalo de tensão que seja apropriado, e por questões de segurança, escolha sempre uma escala que suporte uma tensão maior do que a desejada.

 

  1. É possível reduzir esse intervalo, no momento em que a tensão exata for identificada. Se a tensão da tomada em questão for desconhecida, por exemplo, identifique 240 volts, e então, escolha o intervalo a seguir maior, com cerca de 750 volts. Lembre-se de que os medidores que têm faixas automáticas não contam com seletores de intervalo, pois eles fazem a seleção automaticamente.

 

  1. Certifique-se de que as portas para as provas estejam devidamente conectadas nos soquetes apropriados do medidor. A ponta vermelha deverá ir ao soquete V, ou então no AC V. Já a ponta preta, deverá ser conectada no soquete preto, que normalmente é identificado como COM.

 

  1. Coloque a ponta preta de prova no encaixe vertical menor da tomada, enquanto a ponta vermelha deve ficar no maior. Neste momento, ignore o pino circular terra.

 

  1. Verifique a leitura do voltímetro, e atenção, pois uma leitura que mostra o valor zero pode indicar um sinal de que as pontas para a prova não estão atingindo os contatos da tomada. Caso isso aconteça, mexa nas pontas para tentar verificar uma leitura nova. Se ainda permanecer no zero, a tomada em questão pode não ter energia.

 

  1. Outras leituras identificarão a tensão presente, ou seja, uma leitura que mostre 117 indica que a tensão é de 117 na tomada.

 

DICAS E CUIDADOS

  • Nunca utilize o aparelho se as pontas para as provas estiverem queimadas, sem isolamento ou danificadas.

 

  • A medição deve ser feita por um eletricista, que além de garantir a segurança e exatidão, ainda poderá verificar possíveis problemas na fiação da tomada.

 

Gostou do artigo de hoje? Então continue nos acompanhando e fique por dentro de mais dicas imperdíveis como essa. Deixe também os seus comentários abaixo, quem sabe o próximo artigo pode ser desenvolvido para solucionar os problemas apontados por você.

Categorias
Dicas

Como passar um cabo de energia – dicas, passo a passo

Muitas pessoas têm dúvidas na hora de conectar o cabo de energia de algum acessório do veículo, e principalmente em como passar o fio da maneira correta. Se você também tem essa dúvida, continue lendo e confira o guia passo a passo agora mesmo!

 

COMO PASSAR UM CABO DE ENERGIA DO CARRO – PASSO A PASSO

 

  1. Abra o capô do automóvel em questão, localize o cabo negativo da bateria, e o desconecte.

 

  1. Para acessar a caixa de fusíveis do motor, abra uma das portas da frente.

 

  1. Na apara que cobre a borda do forro do assoalho e a do chassi da porta, alavanque suavemente, com auxílio de uma chave de fenda.

 

  1. Na parede corta-fogo, aquela em que o compartimento do motor e dos passageiros é separado, retire o forro do assoalho. Certifique-se de remover possíveis parafusos do local, e em alguns casos os forros podem ser retirados de maneira manual.

 

  1. Na cobertura do chicote, faça uma fenda pequena, na área em que ele sai do compartimento do motor para a área de dentro do carro. O corte deve ser feito no lado desse compartimento.

 

  1. Puxe cuidadosamente uma das pontas do fio que fica no rolo de armazenamento. É importante lembrar que a espessura do fio depende da amperagem que o acessório exige e da distância entre o terminal positivo ou a fonte de energia até a área de conexão com o acessório.

 

  1. Para medir, lembre-se de que ele precisa percorrer um caminho que o deixe escondido, para que a medida não fique menor do que a necessária.

 

  1. Empurre uma das extremidades do fio pela fenda que fica na cobertura do chicote, para que ele posa ser pego, e então puxado para o outro lado do veículo.

 

  1. O fio precisa sair da parede corta-fogo, exatamente na área do forro que acaba de ser descoberta, localizada abaixo do painel.

 

  1. Caso seja necessário, utilize uma lanterna para visualizar e o puxar para fora.

 

  1. Você pode fazer um novo furo ou passar um fio por um furo que não é utilizado da parede.

 

  1. Ao puxar o fio, é necessário “sobrar” 10 centímetros além do terminal de energia.

 

  1. Descasque 6 mm de proteção do cabo, e então crimpe o conector até a extremidade do fio, conectando ao local desejado.

 

  1. O fio deverá ser preso para que não fique suspenso e nem incomode os passageiros.

 

  1. Coloque o fio por cima do forro e siga o prendendo no painel ao chicote (que tem braçadeiras de plástico).

 

  1. Desenrole o tamanho de fio que seja suficiente para alcançar a caixa de fusíveis e o terminal positivo da bateria.

 

  1. Verifique as instruções para garantir a conexão certa.

 

  1. Com alicate, corte o tamanho necessário e descasque 6 mm da cobertura do fio.
  2. Crimpe ao terminal para que a conexão seja finalizada.

 

Gostou do artigo? Então compartilhe e continue lendo as nossas outras dicas aqui do Portal Eletricista.

Categorias
Curiosidades Dicas

Choque Eletrico – Dicas para garantir sua segurança

Independente de você ser ou não um profissional da área elétrica, o assunto deste artigo serve para todas as pessoas que é sobre os acidentes causados por choque eletrico. Independentemente de sua posição profissional na sociedade há algo realmente importante e que muitos de nós estamos simplesmente fechando os olhos e deixando passar despercebido como se não fosse um problema seríssimo e de responsabilidade de todos.

 

Nesse artigo você irá conferir sobre os problemas e os riscos que ocasionam o choque eletrico e dicas valiosas para garantir a sua segurança.

 

Choque Eletrico - Dicas para garantir sua segurança
Choque Eletrico – Dicas para garantir sua segurança

De acordo com a  ABRACOPEL somente em 2013 foram registrados 592 casos de acidentes fatais provocados pela eletricidade, onde 592 pessoas perderam suas vidas em função de choque elétrico e o mais preocupante, 33% destas ocorrências foi registrada em residências de modo que 198 pessoas morreram em função de acidente elétrico em ambiente domiciliar.

 

Não há como contestar em torno dos muitos problemas que existem nas residências para não dizer quase todos não se preocupam com detalhes básicos de segurança e isto é extremamente perigoso pra a vida de todos que residem em uma residência sema as medidas corretas de segurança.

 

A exposição e os riscos do choque eletrico.

 

Partindo de de 1mA a corrente elétrica já começa a causar a sensação de choque eletrico;

 

Acima de 10mA você já vai começar a sentir contrações musculares e terá dificuldade de realizar movimentos comuns;

 

Em cerca dos 20mA começamos a ter problemas sérios, nesta intensidade a corrente elétrica começa a dificultar a respiração e se ultrapassarmos os 50mA já existe o perigo de parada respiratória e parada cardíaca;

 

Quando a corrente elétrica estiver acima destes valores começa uma exposição altíssima e o risco de morte é eminente, só para você ter ideia próximo dos 100mA o coração bate descompassado, este fenômeno é chamado de fibrilação.

 

Existem certos estudos científicos que comprovam que em média uma pessoa pode apresentar uma resistência elétrica entre 1000 a 1440Ω de uma mão até a outra, dessa forma, caso o choque elétrico seja uma exposição a um nível de tensão de 127V e considerando que a resistência é de 1440Ω teremos que pelo organismo fluirá uma corrente de 88mA.

Dessa forma, este nível de corrente elétrica já é capaz de te levar a morte.

 

Dicas para garantir sua segurança

 

Nesse artigo vou deixar registrado algumas dicas muito valiosas para que você consiga minimizar os riscos ao choque elétrico e a fatalidade deste acidente:

 

  • Faça a elaboração um projeto elétrico, com um profissional habilitado.
  • Apenas realize trabalhos de eletricidade com o devido conhecimento e se não conhecer, contrate um profissional legalmente habilitado (você pode encontrar profissionais capacitados na ABRAEL ou no SOS Aqui-  www.sosaqui.com)
  • É importantíssimo que você use materiais de qualidade, quando exigido, que sejam certificados junto ao INMETRO
  •  Na sua casa, use o DR para se proteger contra o choque eletrico
  • Nunca se esqueça do fio terra, ele pode salvar muitas vidas.
  • Aumente o número de tomadas, evite benjamins e TE´s
  • Faça uma revisão da instalação elétrica a cada 5 anos pelo menos, com um profissional habilitado.
Categorias
Dicas Instalações

Como instalar tomada elétrica consecutivas – passo a passo

As tomadas elétricas são ligadas na parede em circuito, uma às outras, e, dessa forma, o circuito termina na tomada final, que nada mais é do que a última tomada, restando para as outras o nome de intermediárias.

Quando se faz uma ligação de duas tomadas que são consecutivas, haverá uma tomada em cada lado da parede, para que assim uma das tomadas seja conectada e receba a energia da tomada que está no outro lado. As tomadas consecutivas podem ser instaladas para funcionarem como intermediárias e também como finais.

Recomendo Aprenda instalar ar condicionado e Como fazer a montagem de um Quadro de Distribuição

INSTALAÇÃO DA TOMADA ELÉTRICA CONSECUTIVAS – PASSO A PASSO

  1. Desligue a fonte de energia principal do circuito das tomadas que você pretende trabalhar. Para ter a certeza de que a energia está desligada, você pode fazer um teste tentando conectar uma lâmpada em cada uma das tomadas, verificando dessa forma se ainda há energia.

 

  1. Desparafuse o espelho da tomada que será conectada a tomada nova, no outro lado da parede. Retire também os parafusos que prendem a tomada em específico na caixa elétrica, e a retire.

 

  1. Passe um cabo elétrica tipo de bitola (12/2 ou 14/2), que deve ir da caixa elétrica da tomada em questão, pela cavidade do interior da parede, até a caixa da tomada nova, que está no outro lado da parede. Deixe aproximadamente 20 cm de cabo em cada uma das caixas, antes de realizar o corte do cabo do rolo.

 

  1. Remova 2,5 do novo cabo (revestimento externo) na área em que ele entrará em cada caixa. Em cada uma das pontas dos fios pretos e brancos, corte mais ou menos 1,3 cm do revestimento plástico. Dobre as pontas de todos os fios (com auxílio de um alicate) em formato de gancho.
  2. Faça a conexão do fio preto na caixa (terminal de latão) e do fio branco (nova tomada – terminal prata), e então aperte os parafusos bem.

 

  1. O fio terra deve ser conectado no terminal terra, e apertado com parafuso.

 

  1. Leve a tomada e os fios na caixa, fixando elas com auxílio de dois parafusos. Fixe com auxílio do parafuso o espelho na tomada (frontal).

 

  1. Ligue a energia novamente e pronto, as tomadas elétricas consecutivas da residência estarão devidamente ligadas.

 

ADVERTÊNCIAS

É importante que você utilize na instalação a mesma bitola do fio que corresponde ao fio já existente no circuito das tomadas.

 

Antes de começar a trabalhar com o circuito da tomada, é indicado verificar duas vezes se a energia principal realmente está desligada, evitando dessa forma qualquer tipo de acidente.

 

E você, quer ficar por dentro de mais dicas imperdíveis como essa? Então continue nos acompanhando, pois temos muitas novidades quentinhas, prontas para serem compartilhadas com você. Não dá perder de jeito nenhum uma oportunidade de aprender mais sobre elétrica, com dicas e novidades incríveis do setor, não é mesmo?!

 

Aproveite e confira agora mesmo os nossos outros artigos especiais e se atualize com o conteúdo campeão do setor.

 

Até a próxima!