Categorias
Dicas Instalações

TORNEIRA ELÉTRICA – DICAS DE USO E DE INSTALAÇÃO

As casas estão ficando cada vez mais modernas, e opções que antes eram usadas apenas em empresas, lojas ou outros centros comerciais acabaram tomando conta também dos lares. Esse é o caso da torneira elétrica, que podem ser muito úteis para realizar as tarefas do seu dia a dia.
Com a torneira elétrica, você consegue água quente sem precisar de um aquecedor central, o que a torna muito funcional para a limpeza na cozinha.

torneira elétrica
torneira elétrica

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Você pode encontrar torneira elétrica de diferentes formatos, e alguns modelos modernos as transformam em excelentes itens decorativos também.
A maioria dos modelos conta com regulagem para temperaturas frias, mornas e quentes. Cada uma é ideal para eliminar determinada sujeira ou gordura, diminuindo assim o tempo de limpeza e economizando muito mais água e produtos.
torneira elétrica mais modernas contam com uma resistência de aquecimento blindada, para que além da garantia de segurança, o acionamento também seja suave, e a durabilidade uma das grandes marcas dela.

Para você que gosta realmente de elétrica recomendo o artigo Como fazer a instalação de um ventilador de teto.

TORNEIRA ELÉTRICA – DICAS DE INSTALAÇÃO

1. Sempre que instalar ou precisar fazer a instalação da torneira, desligue o disjuntor;

2. Verifique também se os fios da instalação e o disjuntor atendem às mesmas especificações da torneira elétrica. Dessa forma, o desempenho e a segurança do aparelho serão sempre mantidos;

3. Para conectar os fios, é essencial utilizar conectores elétricos que sejam adequados, e não usar tomadas e plugues de uso geral, pois eles não suportam à corrente elétrica, que é de alta potência, e pode comprometer a segurança da instalação;
4. Para saber o modo ideal de usar os conectores, siga o manual de instalação da torneira elétrica, e lembre-se que eles garantem a segurança e evitam o aquecimento desproporcional, além de aumentarem a vida útil da torneira;

5. Não utilize o fio neutro para o aterramento, pois em casos de sobrecarga da rede elétrica, o fio poderá queimar aparelhos elétricos que estejam ligados a ele;

6. Antes de ligar o aparelho na rede elétrica, deixe a torneira correr água fria, evitando assim a queima da resistência, além de conferir a possibilidade da existência de vazamentos;

7. O fio terra é essencial para a segurança do aparelho, e a torneira também precisa dele;

torneira elétrica instalada
torneira elétrica instalada

DICAS DE USO DAS TORNEIRAS ELÉTRICAS

• Para usar a torneira elétrica não há grandes segredos, normalmente elas contam com a regulagem de 3 temperaturas, e após fazer a instalação, basta escolher a temperatura desejada para realizar a tarefa que você precisa.

• As torneiras elétricas certamente facilitarão o seu dia, deixando a limpeza muito mais prática e fácil.

Atenção!
Apesar das dicas, considere sempre um eletricista habilitado para realizar a instalação da torneira elétrica, pois ela é um aparelho que precisa de cuidados especiais na hora de instalar, e você precisa garantir a segurança sempre em primeiro lugar.

Recomendo para aprender a fazer instalação e uso os seguites temas:Como instalar sistema de monitoramento de câmera e o Como fazer instalação de um chuveiro elétrico

Gostou do artigo de hoje? Você sabia que o Portal Eletricista também produz artigos para tirar as suas maiores dúvidas sobre diferentes temas? Quer ter uma dúvida esclarecida? Então deixe nos comentários as suas sugestões para os próximos posts. Nossos especialistas estarão preparados para ajudar você.

Categorias
Dicas Instalações

Como instalar sistema de monitoramento de câmera – passo a passo, dicas, fotos

A instalação de sistema de monitoramento de câmera é cada vez mais necessária, principalmente pela crescente onda de violência e a possibilidade de contar com uma alternativa inteligente para proteger as residências ou diferentes tipos de comércios e empresas.

Hoje, vamos ensinar algumas dicas básicas para instalar sistema de monitoramento de câmera, em um passo a passo dinâmico, que certamente ajudará você a tirar dúvidas importantes antes da instalação.

 

Como instalar sistema de monitoramento de câmera – Passo a passo

 

Kit de sistema de monitoramento de câmera
Kit de sistema de monitoramento de câmera

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Passo 1:

Escolha quais serão os locais de instalação das câmeras no estabelecimento ou na residência.

Quando as instalações são para lojas, a grande dica é manter as câmeras focadas perto da área do caixa, pois é esse lugar que precisa de maior proteção e monitoramento, no caso de algum problema.

Já nas instalações residenciais, o indicado é dispor as câmeras perto de objetos estratégicos e de valor. Nas duas opções, tanto residenciais quanto comerciais, não se esqueça de instalar sistema de monitoramento de câmera na entrada dos locais.

 

Passo 2:

Faça a montagem das câmeras nos tetos ou nas paredes, ou também há a possibilidade de colocar elas em algumas mobílias, desde que sejam altas.

Os pontos mais altos são responsáveis por ângulos muito maiores, diminuindo assim o surgimento de pontos cegos.

 

Passo 3:

Em sistemas de monitoramento cabeados, pegue a câmera e corra os seus fios até o dispositivo de gravação DVR. Neste caso, normalmente será necessário um fio para cada câmera, pois cada um deles transportará o sinal e a energia.

Não se esqueça de esconder os fios ao final, para evitar acidentes e também para não deixar que eles fiquem à mostra.

No caso de sistema de monitoramento de câmera que sejam sem fio, conecte em seu disposto DVR o receptor. Neste caso, também será necessário conectar cada câmera de maneira individual em tomadas.

 

Passo 4:

Você precisa escolher um dispositivo de gravação DVR. Pense na quantidade de vídeos que você deseja armazenar em uma única vez, a dimensão das instalações e não se esqueça do principal: quanto em dinheiro você terá disponível para investir.

Se você deseja armazenar grandes quantidades de vídeos, o ideal é escolher um sistema de alta qualidade. Só não se esqueça de que esses sistemas, que têm inclusive um monitor, podem ser mais caros.

Você também pode transformar o seu PC em um sistema de gravação com auxílio de um cartão DVR. Nesta hora é bacana pensar em um profissional, para que ele instale o cartão na sua CPU, mas a economia vale a pena no final, pois será possível armazenar uma grande quantidade de vídeos, com cerca da metade do preço quando comparado ao DVR de grande qualidade.

Você também pode fazer a escolha de uma interface que seja mais econômica, em uma unidade que pode se conectar através do cabo USB ao seu PC. Apesar de armazenar menos vídeos, essas interfaces armazenam uma boa quantidade de dados, de maneira mais econômica, que atende necessidades de usuários medianos.

 

Passo 4:

Para conectar as câmeras ao dispositivo DVR, fixe os fios no caso de sistemas de cabeamento, ou os conecte no receptor no caso dos sem fio.

Escolha um DVR que tenha a quantidade de entradas necessárias para todas as câmeras que você deseja instalar, em casos de sistema cabeados.

 

Passo 5:

Como instalar sistema de monitoramento de câmera
Sistema de monitoramento de câmera

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por fim, faça a instalação do software de monitoramento em seu computador, e siga as instruções do fabricante.

 

Dicas sobre sistema de monitoramento de câmera

Grande parte do sistema de monitoramento de câmera do tipo DVR, funciona com base no sistema Windows. Caso você tenha outro tipo de sistema, pode ser melhor apostar em um dispositivo de alta qualidade.

 

E você, o que achou deste artigo sobre sistema de monitoramento de câmera? quer conferir um artigo sobre outro tema também? Deixe as suas sugestões nos comentários. Quem sabe não podemos escrever o próximo artigo especialmente para você?

 

Categorias
Dicas Instalações

Aquecedor elétrico – Dicas de instalação,uso e cuidados

Você tirou o agasalho do guarda-roupa nos últimos dias, não é mesmo? Até dentro de casa a sensação de frio foi grande, e é nessa hora que um aparelho entra para resolver a sua vida e deixar a sua casa ou a dos seus clientes quentinha. Estamos falando do aquecedor elétrico, um item muito útil, principalmente nas estações mais frias.

Porém, um aquecedor elétrico não é brinquedo. Existem muitos cuidados para que ele não apresente problemas ou riscos como queimaduras, por exemplo. Pensando na importância disso, criamos um guia com dicas para usar e instalar da maneira mais correta e segura. Confira a seguir:

 

Modelos de Aquecedor elétrico

Existem vários modelos de aquecedor elétrico, e você precisa escolher o que seja mais adequado ao ambiente. Há basicamente cinco modelos, que são os elétricos, cerâmicos, à base de água, à base de óleo e ar-condicionado com ciclo reverso. Mas hoje vamos focar no elétrico, combinado?!

Aquecedor elétrico
Aquecedor elétrico

 

Dicas de instalação do Aquecedor elétrico

Nunca coloque o aquecedor elétrico atrás de cortinas ou perto de lugares que podem ser molhados, tais como pia, chuveiro ou máquina de lavar, pois isso pode queimar o aparelho, e em casos mais graves, até causar incêndios.

Use uma tomada exclusivamente para o aquecedor elétrico, nada de usar benjamim para ligar outros aparelhos.

Verifique com um eletricista se a rede elétrica da sua residência suporta a instalação e o uso do aparelho, pois em alguns casos, será necessário reformar a fiação.

 

Dicas de uso do Aquecedor elétrico

  • Mantenha o ambiente fechado enquanto o aquecedor elétrico funciona, pois as correntes de ar deixam o local mais gelado, sobrecarregando os esforços do aquecedor, que acabará gastando mais energia.

 

  • Nunca seque roupas na frente do aquecedor elétrico, pois ele apresentará problemas futuramente.

 

  • Se não tiver nenhuma pessoa no ambiente, não deixe o aquecedor elétrico ligado, economize energia!

 

  • Se o aparelho apresentar algum problema, procure um profissional, e não se arrisque a consertar sozinho.

 

  • Aquecedores móveis precisam ser desligados antes que você os desconecte, para que o aparelho não queime.

 

Curiosidades de Aquecedor elétrico

Qual é a marca ideal?

A marca ideal do aquecedor elétrico vai depender do que você precisa, é fundamental verificar e comparar as vantagens de cada modelo na hora de comprar.

 

O aquecedor elétrico consome muita energia?

Como já era de se esperar o consumo de energia do aquecedor elétrico é o mais alto da categoria, por isso é bacana procurar marcas que contam com modelos mais econômicos, e utilizar apenas nas situações necessárias, afinal, no verão você não precisa aquecer o seu lar, não é mesmo?

 

Eles apresentam muitos ruídos?

Você sabia que o aquecedor elétrico é o que menos causa barulho? Ele é o tipo mais silencioso, ideal para quem não gosta de ficar ouvindo ruídos de equipamentos.

Cuidados com o Aquecedor elétrico

– Na hora de guardar o seu aquecedor elétrico, proteja o aparelho com um plástico para evitar que ele acumule poeira ou apresente um odor desagradável.

– Deixe o aquecedor elétrico sempre longe de crianças, pois ele pode causar queimaduras.

– Não utilize o aparelho perto de objetos plásticos, roupas, móveis ou produtos inflamáveis.

– Apesar de deixar o ambiente quentinho, o aquecedor elétrico torna o ar bem seco. Para evitar problemas respiratórios, coloque uma bacia de água em algum espaço do ambiente, e mantenha assim o ar sempre úmido.

Categorias
Eletricista Instalações

Chuveiro Eletrônico: Características e Funcionamento

No artigo anterior falamos de um equipamento amplamente utilizado nas residências atualmente (sobretudo em regiões aonde o clima predominante é frio), o chuveiro elétrico. Existem variantes que funcionam como opções mais viáveis para quem deseja gastar pouco e obter boa eficiência no uso, reduzindo os gastos com energia ao fim do mês. Apresentamos o chuveiro eletrônico, que seria um equivalente do anterior, porém com tecnologia que o torna mais moderno e sofisticado.