Categorias
Dicas

O que é melhor fio sólido ou cabo flexível?

Quando você resolve realizar um circuito de tomada ou mesmo que seja de iluminação em seu imóvel, por mais que você contrate um profissional da área sempre ocorrerá a dúvida sobre a utilização de fios ou cabos, qual é o melhor para a situação em questão.

Cabo PP – dicas
Como passar um cabo de energia
Eletrofita – dicas

O que acha, o cabo é melhor que o fio?

Essa é uma das principais questões levantadas entre profissionais e curiosos. Vamos a resposta, em partes para que fique melhor para você entender. De acordo com a norma técnica NBR 5410, que especifica as instalações elétricas de baixa tensão no Brasil, fica determinado que para a seção mínima (bitola) para as tomadas de uso geral é 2,5mm² e para os circuitos de iluminação é 1,5mm², independente de ser fio sólido, cabo rígido ou cabo flexível, pois possuem a mesma capacidade de condução de corrente.

Embora os fios sólidos, cabos rígidos e  os flexíveis tenham exatamente as mesmas aplicações, durabilidade, qualidade e capacidade de transmissão de energia numa mesma seção nominal, a escolha de um ou outro passa pela flexibilidade, ou seja, depende muita da necessidade. “Os cabos flexíveis proporcionam maior facilidade no manuseio. Eles deslizam mais facilmente nos eletrodutos além de deixar mais ágil a instalação. O gerente da SIL alerta que ao instalar cabos flexíveis é necessário uma atenção especial ao descascar as pontas para efetuar as conexões; fio sólido e cabo rígido requerem cuidado no momento de passá-los pelo conduíte, para que a isolação não seja danificada.

E quanto à Preferência regional

A finalidade da instalação definirá a escolha do produto, porém, é imprescindível o correto dimensionamento realizado por um profissional habilitado, que esteja apto a definir a carga necessária para a instalação elétrica do projeto em questão, a quantidade de circuitos (tomadas e pontos de luz), a capacidade dos disjuntores, a seção nominal dos condutores entre outros aspectos.

No entanto, a preferência pela utilização de fios ou cabos nos projetos de eletricistas e instaladores ainda segue fortes aspectos culturais, que variam de região para região do País. Observam-se diferenças marcantes no consumo em cada Estado, embora isto esteja mudando gradativamente, por conta dos novos profissionais, que saem das escolas com melhor conhecimento e entendimento dos produtos disponíveis no mercado e seus benefícios, independentemente da tradição, e pelos preços cada vez mais equilibrados. “Mesmo nos mercados onde a cultura de utilização do fio sólido é mais forte, o cenário está mudando e cada vez mais se utiliza o cabo flexível, devido à facilidade de trabalho que oferece”, confirma o gerente da SIL.

É possível traçar um breve cenário sobre essas demandas: o fio sólido e cabo rígido são mais utilizados no Norte, Nordeste e Centro-Oeste; as regiões Sul e Sudeste consomem mais os cabos flexíveis. A SIL observa também uma maior procura do cordão flexível torcido nos estados do Norte e Nordeste. Já o cordão flexível paralelo é um item bastante utilizado em todo o Brasil. “Imaginamos que a difusão de informações de tecnologia, segurança e preços semelhantes deverão, em breve, modificar este quadro”, conclui.

Categorias
Dicas

Cabo PP – O que? onde é usado? vantagens,exemplos, dicas, passo a passo

Se você não é formado em engenharia ou eletricidade, fique tranquilo que iremos responder algumas perguntas que todo mundo sempre faz a respeito de cabos e suas utilidades, e para aqueles que não são expert no assunto iremos usar uma linguagem simples.

Cabo Crossover – Entenda o que é e qual a sua utilidade
Como passar um cabo de energia – dicas, passo a passo
Fios e Cabos – Como fazer a fiação de um galpão, passo a passo, dicas

O nome do titulo, cabo PP, se refere aqueles cabos onde possui três pontas para conectar o seu aparelho com segurança e com conforto. Esse tipo de cabo era muito usado nos aparelhos eletrônicos de videogame antigos para a alegria das crianças e para o disperso dos pais que não tinham ideia de como montar esse aparelhos como Nintendo e sempre tinham que chamar um especialista no assunto.

cabo-pp2

 

 

 

 

 

 

Tirando esse exemplo do videogame, iremos agora falar de ambientes onde é mais apropriado usar o cabo PP.

  • Num ambiente industrial- independente do tipo das empresas, boa parte delas usam esse cabo por sua isolação e por facilitar na instalação de maquinas para o funcionamento da empresa.
  • Num ambiente residencial- esse cabo vem sendo utilizados como peças de decoração e também de iluminação. Hoje em dia, não há uma casa onde não veja um condutor PP.

 

E claro, iremos falar das vantagens que esse cabo pode trazer para a sua família ou local de trabalho, sem contar no toque de classe que darão na sua casa ou na área de trabalho.

 

  • Caso você seja um daqueles que sonha em ser um rock star, saiba que o condutor PP é uma excelente pedida para a sua caixa de som.
  • Se tiver algum aparelho elétrico, é sempre bom usar esse condutor para poder usufruir das propriedades desse aparelho.
  • Como foi mencionado acima, o condutor PP é muito usado em empresas, pois além de sua isolação e facilitação para com as maquinas ainda é mais econômico que certos condutores.
  • Também é possível usar os condutores PP como acessórios para incrementar o look de sua casa e deixar mais iluminado, uma boa iluminação pode fazer toda uma diferença no seu lar.
  • O cabo PP sempre tem dois ou mais condutores dentro da uma isolação circular preta, o cabo é flexível, ou seja, é apenas um. O cabo PP possui diversos modelos para as pessoas escolheres seja qual for sua finalidade seja caseira ou comercial.
  • O cabo é mais seguro podendo ficar no chão, pois tem uma proteção a mais no fio, desse jeito a pessoa pode caminhar pelo local onde tem o fio sem ter medo de pisar nele, embora, não recomendamos para ficar pisando em fios aleatórios.

 

E esse é o cabo PP, bastante útil tanto para o lazer e conforto como para a segurança do trabalho. Se trabalha numa empresa que não usa esse cabo, que tal sugerir essa ideia discretamente para o seu chefe? Pode até conseguir uma promoção ou então, ficar nas boas graças do seu chefe. É só uma ideia.

 

Para finalizar este artigo, esperamos ter respondido alguma de suas perguntas em relação ao cabo PP e se gostarem do artigo não deixe de compartilha-lo com os amigos.

Categorias
Curiosidades Dicas Eletrônica Telecomunicação

Cabo Crossover – Entenda o que é e qual a sua utilidade

O cabo crossover é um cabo simples com o par trançado com geralmente o padrão de categoria 5, um cabo que geralmente possui uma cobertura de plástico azul ou preta em torno dele.

A forma de como é crimpado o torna singular em relação aos outros. Seus fios são encaixados com suas 8 pontas de uma maneira diferente no conector. Basicamente o que é faz é literalmente cruzar os polos dos pares, invertendo-os, possibilitando a transferência de dados e o compartilhamento de informação entre computadores e impressora de um mesmo seguimento de rede.

Lâmpadas de Led – vantagens, desvantagens, onde usar,dicas
Como saber se um reator de lâmpada fluorescente queimou – dicas, passo a passo
Conheça o ar-condicionado portátil e suas principais características

Em outras palavras se conectarmos um computador A com um computado B, com um cabo crossover poderemos realizar uma comunicação entre eles sem a necessidade da utilização de hub ou um switch, esse tipo de recurso pode economizar tanto dinheiro quando tempo numa operação que necessita da utilização de equipamentos como computadores, notebooks, impressoras, hubs e switches.

Conexões do cabo crossover

 

  • Computador para computador

 

O cabo crossover é ideal para encurtar a comunicação entre máquinas sem a necessidade de hubs ou switches, isso facilita muito o dia a dia de uma empresa ou até mesmo o dia a dia de um profissional de informática que lida com muitos dados.

 

  • Switch para switch

 

Para via de conectar uma rede mais extensa ou tornar a a conexão mais acessível é recomendado a implementação do cabo crossover com conectar switches.

 

  • Hub para hub

 

Os hubs podem ser muito úteis para conectar diversos computadores numa rede e utilizar um cabo ou mais de um cabo crossover para conectar um ou mais hubs numa rede pode ser bastante interessante.

 

Como construir um cabo crossover?

cabo

 

 

 

 

 

 

 

Para construir um cabo Crossover é requisitado que você utilize do mesmo processo de crimpagem padrão abrindo o cabo, separando as pontas do cabo mas com um detalhe: você precisará inverter os pares dentro do conector sendo assim o fator determinante para que você possa ter a comunicação entre duas máquinas via cabo crossover.

 

cabo2

 

 

 

 

 

 

 

 

Você poderá fazer a inversão dos pares com maior sucesso se seguir os padrões internacionais para o cabo crossover: T568B e T568A. Abaixo você poderá verificar com cuidado como são postos a ordem dos pares para cada padrão nos fios:

 

Ordem para o Padrão: T568B

 

  • Laranja e Branco (Serve para receber dados)
  • Laranja (Serve para receber dados)
  • Verde e Branco (Função de envio de dados)
  • Azul ———————————— N/D
  • Azul e Branco ———————— N/D
  • Verde (Função de envio de dados)
  • Marrom e Branco ——————– N/D
  • Marrom ——————————– N/D

 

Ordem para o Padrão T568A:

 

  • Verde e Branco (Função de envio de dados)
  • Verde (Função de envio de dados)
  • Laranja e Branco (Serve para receber dados)
  • Azul ———————————— N/D
  • Azul e Branco ———————— N/D
  • Laranja (Serve para receber dados)
  • Marrom e Branco ——————– N/D
  • Marrom ——————————– N/D

 

Ao crimpar você mesmo pelo menos um cabo de rede tornando-o crossover de acordo com os padrões internacionais em vez de compra-lo já pronto, você terá vivenciado a prática necessária para aprender a configurar uma rede simples de conexão Computador a Computador, principal função do cabo crossover.

Categorias
Dicas

Como passar um cabo de energia – dicas, passo a passo

Muitas pessoas têm dúvidas na hora de conectar o cabo de energia de algum acessório do veículo, e principalmente em como passar o fio da maneira correta. Se você também tem essa dúvida, continue lendo e confira o guia passo a passo agora mesmo!

 

COMO PASSAR UM CABO DE ENERGIA DO CARRO – PASSO A PASSO

 

  1. Abra o capô do automóvel em questão, localize o cabo negativo da bateria, e o desconecte.

 

  1. Para acessar a caixa de fusíveis do motor, abra uma das portas da frente.

 

  1. Na apara que cobre a borda do forro do assoalho e a do chassi da porta, alavanque suavemente, com auxílio de uma chave de fenda.

 

  1. Na parede corta-fogo, aquela em que o compartimento do motor e dos passageiros é separado, retire o forro do assoalho. Certifique-se de remover possíveis parafusos do local, e em alguns casos os forros podem ser retirados de maneira manual.

 

  1. Na cobertura do chicote, faça uma fenda pequena, na área em que ele sai do compartimento do motor para a área de dentro do carro. O corte deve ser feito no lado desse compartimento.

 

  1. Puxe cuidadosamente uma das pontas do fio que fica no rolo de armazenamento. É importante lembrar que a espessura do fio depende da amperagem que o acessório exige e da distância entre o terminal positivo ou a fonte de energia até a área de conexão com o acessório.

 

  1. Para medir, lembre-se de que ele precisa percorrer um caminho que o deixe escondido, para que a medida não fique menor do que a necessária.

 

  1. Empurre uma das extremidades do fio pela fenda que fica na cobertura do chicote, para que ele posa ser pego, e então puxado para o outro lado do veículo.

 

  1. O fio precisa sair da parede corta-fogo, exatamente na área do forro que acaba de ser descoberta, localizada abaixo do painel.

 

  1. Caso seja necessário, utilize uma lanterna para visualizar e o puxar para fora.

 

  1. Você pode fazer um novo furo ou passar um fio por um furo que não é utilizado da parede.

 

  1. Ao puxar o fio, é necessário “sobrar” 10 centímetros além do terminal de energia.

 

  1. Descasque 6 mm de proteção do cabo, e então crimpe o conector até a extremidade do fio, conectando ao local desejado.

 

  1. O fio deverá ser preso para que não fique suspenso e nem incomode os passageiros.

 

  1. Coloque o fio por cima do forro e siga o prendendo no painel ao chicote (que tem braçadeiras de plástico).

 

  1. Desenrole o tamanho de fio que seja suficiente para alcançar a caixa de fusíveis e o terminal positivo da bateria.

 

  1. Verifique as instruções para garantir a conexão certa.

 

  1. Com alicate, corte o tamanho necessário e descasque 6 mm da cobertura do fio.
  2. Crimpe ao terminal para que a conexão seja finalizada.

 

Gostou do artigo? Então compartilhe e continue lendo as nossas outras dicas aqui do Portal Eletricista.