Categorias
Dicas

Diferença entre os disjuntores DIN e NEMA

Os disjuntores são componentes elétricos que são muito usados no mundo da elétrica. Os disjuntores também são muito conhecidos como chaves de ligar e desligar o padrão de energia. De fato o disjuntor liga e desliga os circuitos elétricos, porém, sua principal função esta relacionada à segurança dos circuitos e da instalação elétrica. O disjuntor é um sistema de segurança dentro do circuito elétrico, contra sobrecargas e curtos-circuitos (DINe NEMA). Quando acontece isso, o disjuntor possui a função de interromper a passagem de corrente no circuito, pois assim o nível corrente elétrico será maior do que o especificado no disjuntor. Além de ele nos proporcionar uma maior segurança, o disjuntor funciona como um dispositivo de manobra. Nas residências o disjuntor possui maior eficácia na proteção dos eletrodomésticos. Sabendo de sua importância nas instalações elétricas, é muito importante que você conheça os tipos de disjuntores mais usados e qual vai se encaixar melhor na necessidade de sua instalação elétrica.

Quais as diferenças de disjuntores ? dicas, passo a passo
Disjuntores DIN – aprenda tudo sobre ele
Motobomba trifásica – aprenda tudo sobre

Disjuntor DIN e NEMA

Os disjuntores DIN e o NEMA são os mais conhecidos e também os mais utilizados na baia de tensão. Porém, eles possuem diferença entre si. Veja a seguir a diferença entre eles:

din

Disjuntores DIN

  • Material de fabricação

– Poliéster ou ureia formaldeído.

  • Capacidade de interrupção de curto-circuito

– Considerando um disjuntor de 25 A, esse modelo tem a capacidade de interrupção na ordem de 4,5 KVA.

  • Características construtivas do disparador magnético

– Possui disparo independente. O seu limiar ocorre com um múltiplo de corrente nominal, sendo assim, independentemente do valor da corrente ele vai possuir sempre dois tipos de atuação, o primeiro é contra o curto0circuito (bobinas) e o outro contra a sobrecarga (Bimetal), atuando independente um do outro.

  • Elemento de fixação

– Este modelo de disjuntor evita a desconexão do cabo através do terminal tipo braçadeira com ranhuras.

  • Elemento de extinção

– Esse modelo possui uma câmera de extinção equipada com alertas múltiplas.

  • Características de contato

– Contatos revestidos de prata, tendo maior resistência térmica e elétrica.

Disjuntores NEMA

  • Material de fabricação

– Uma resina sintética ao calor e quimicamente estável, a Baquelite.

  • Capacidade de interrupção de curto-circuito

– Ele tem a capacidade inferior ao DIN, por exemplo, um disjuntor comum de 25 A do tipo NEMA possui uma capacidade de interrupção de aproximadamente 3kA, 66% da capacidade de um disjuntor do tipo DIN.

  • Características construtivas do disparador magnético

– O disjuntor magnético e a limiar de atuação são pouco sensíveis. A destrava do mecanismo depende da grandeza da corrente de curto-circuito e a proteção é por apenas um elemento bimetal e seu disparador não é bobinado.

  • Elemento de fixação

– Possui bornes com parafusos tipo olhal e isso pode causar soltura do cabo ao longo do tempo.

  • Elemento de extinção

– Os modelos tipo NEMA possui apenas uma chapa dobrada

  • Características de contato

– Possui apenas materiais sintetizados

Podemos concluir que os disjuntores DIN (IEC) possuem uma resposta mais rápida e eficiente em comparação aos disjuntores de padrão norte-americano tipo NENA.

Categorias
Dicas

Disjuntor DIN – Conheça mais sobre sua estrutura e sua função

O disjuntor DIN, são dispositivos termomagnéticos não acessoriáveis que possuem de 1, 2 a 3 pólos e funcionam sobre uma corrente de  aproximadamente 63 A. Esses tipos de disjuntores são implementados geralmente em sistemas de instalações elétrica prediais, industriais, residenciais e comerciais.

Como ligar dois interruptores em um disjuntor de 15 ampères
Como dimensionar disjuntor trifásico – dicas, passo a passo
Quantas lâmpadas podem ser instaladas em um disjuntor? dicas, passo a passo

 

Sua dinâmica básica de funcionamento se dá através um mecanismo automático que protege o circuito em que ele está instalado contra descargas e choque elétricos evitando que os equipamentos, fios e cabos conectados ao sistema sejam queimados ou danificados, além de evitar que as pessoas que frequentam a construção e o ambiente da instalação.

 

Esses equipamentos podem ser facilmente encontrados a venda em lojas online como também em lojas físicas especializadas em materiais de construção e instalações elétricas. O fato do disjuntor DIN, ser regulamentado sobre este termo faz dele um dos mais procurados pela sua garantia de bom funcionamento.

 

Características da Estrutura do Disjuntor DIN

 

Fixado com uma mola que permite uma montagem segura no trilho, o disjuntor DIN possui uma fácil conexão orientada por um pino de ligação ou através de cabos.

 

Capacidade de conexão de cabos: 1, 5 a 25 mm. Tensão nominal 240V ~ / 415V~. Com a disponibilidade presente em curvas de B e C de 10A a 63A.

Essas características demonstram o porque que o padrão DIN é o mais procurado para instalações elétricas, pois sua performance garante uma confiabilidade com facilidade. Este tipo de disjuntor são mais maleáveis e compactos que as outras opções no mercado, sendo muito simples de serem instalados.

 

Polos

 

Os polos nos disjuntores indicam as suas capacidades de flexibilidade e adaptabilidade dependendo do tanto de tensão e aplicação em que se deseja instalar os disjuntores DIN no decorrer do andamento de uma obra, reforma ou reparação em ambientes prediais, comerciais, industriais ou residenciais.

 

1 pólo

 

Este tipo de composição de disjuntor DIN é ideal para pequenas instalações elétricas.

disjuntor-din2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 pólos

 

Os modelos com dois pólos já servem para circuitos com um pouco mais complexidade com eletrodomésticos variados conectados a instalação elétrica.

disjuntor-din3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3 pólos

 

Mais generoso dos modelos, o disjuntor DIN tripolar é ideal para instalações que exigem mais proteção pelo seu consumo através de eletrodomésticos como ar-condicionados, computadores, televisores HD entre outros.

disjuntor-din4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As normas DIN

 

Para compreender as normas DIN é preciso primeiro recorrer ao significado de sua sigla que quer dizer “Deutsches Institut für Normung” numa tradução para português ficaria “Instituto Alemão de Normalização”, uma espécie de ABNT que exerce funções semelhantes como a da ISO.

Foi nessa instituição que foi desenvolvido esse padrão técnico que garante a qualidade e confiabilidade de equipamentos elétricos e industriais

 

As normas DIN tem uma importância expressiva com regulamentos e normatizações que ajudam a estabelecer a indústria, aparelhos, instituições e o comércio.
Nos disjuntores, essas normas caracterizam o disjuntor DIN, como um dispositivo com qualidade e normatização comprovada e testada, pronto para uso em sistemas elétricos que exigem tanto economia como alta desempenho por parte de um dispositivo que serve para proteger circuitos.