Categorias
Dicas Eletricista

Itens de segurança- Ferramentas do eletricista que não devem faltar em sua maleta

Ser eletricista é uma profissão muito perigosa, exige alguns itens de segurança e conhecimento técnico para que possa trabalhar com segurança e saber o que esta fazendo ou planejando, para isso algumas ferramentas podem nos ajudar em algumas funções da elétrica.

Cada área da elétrica exige uma ferramenta adequada ou especifica, não tente dar um jeitinho de outro modo, que isso não ira dar certo e pode lhe machucar, então ai vai algumas ferramentas que não pode faltar na maleta de um eletricista.
Aprenda como fazer a instalação de ar condicionado split
Aprenda como fazer a montagem de quadro de distribuição
Como fazer a instalação de um DR ?

  1. itens de segurança

Antes de você começar a pensar em serviços, ferramentas, e etc. pense sempre em segurança, a segurança é o fator mais importante, ela lhe mantem vivo, e faz com que você consiga mais clientes.

Então itens de segurança nunca devem faltar a sua maleta, corpo e no conhecimento. Procure sempre estar fazendo cursos de segurança do serviço, como o NR-10.

Esses cursos são fundamentais para que você tenha uma boa noção da sua área, e de seus riscos. O curso é muito bom pois aprendemos a evitar e prevenir os riscos e em caso de alguma tragédia aprender oque podemos fazer corretamente.

A seguir uma lista dos equipamentos de segurança que nunca deve faltar em sua maleta:

  • Capacete: nunca se sabe onde será feito o serviço, logo sempre leve um capacete com CA adequado para a elétrica.
  • Óculos de proteção: sempre leve os óculos transparentes e os escuros.
  • Protetor auricular: o ambiente pode conter muito barulho e assim ajuda a evitar.
  • Sapatos de segurança: opte sempre por sapatos PVC, mas sempre use sapatos ou PVC ou Bico de Aço.
  • Cinto talabartes ou paraquedista: sempre o tenha por perto, pois serviço acima de 2 metros será necessário este equipamento.
  • Roupa adequada: elas iram proteger você em caso de alguma situação muito perigosa.
  • Luvas: use as luvas, não importa se é as menores ou as de borracha, mas sempre as use.
  1. Ferramentas da maleta

O bom eletricista é aquele que contem todas as ferramentas para as situações que ira enfrentar, sem precisar que saia de seu local para outro somente para buscar a ferramenta.

Ferramentas essenciais:

  • Multímetro ou caneca amperímetro:

Bom esses dois são os mais principais, sem tal equipamento o eletricista fica praticamente sego, o multímetro é essencial para ver qual a alta tensão que estamos mexendo. Sempre indicado os digitais pela sua precisão.

A caneca amplificadora, é um equipamento que faz a leitura dinâmica, ou seja não é necessário que descasque o fio fara fazer a leitura.

  • Chave de fenda:

Sempre devemos ter pelo menos um jogo de chaves de fenda normais e 4 fendas Philips, com os tamanhos PMG e fixas, você também pode ser mais útil tendo as fendas moveis, no qual pode ter a troca da ponta mas tendo apenas uma haste.

  • Alicate:

O alicate sempre é muito útil, mas não o use como martelo, temos o alicate de corte, bico, universal, climpagem e rebite.

  • Chave allen e de boca

Igual as fendas as allen não pode ser esquecida, devemos ter ao menos um jogo.

  • Ferro de solda

Útil para fazer emendas e serviços eletrônicos, então é essencial.

  • Ferramentas uteis:

Algumas não são essenciais mais te salvam, como martelo, drena, estilete, lanterna e a fita isolante.

Categorias
Dicas Eletricista Segurança Eletrônica

Quais são as periculosidade que podem acontecer com um eletricista

Uma duvida que venha crescendo muito entre os eletricistas, isto é, estamos falando da periculosidade, algo que é muito importante hoje em dia e que todos devem saber o seu significado e como funciona. Para esclarecermos estas duvidas, nos do Portal do Eletricista fizemos este artigo para lhe trazer mais conhecimentos e exigir melhor seus direitos.
Montagem de um quadro de distribuição – como fazer, dicas, passo a passo
Fio terra – passo a passo, dicas
Como fazer um aterramento elétrico

O que é periculosidade?

Na maioria das vezes o salario dos profissionais de elétrica vem das atividades perigosas e que colocam em risco a vida e a saúde, conforme foi imposto pelo regulamento do ministério do trabalho.

download

No caso onde vamos citar a periculosidade vai melhor se enquadrar em profissionais cujo oficio das atividades, natureza ou método que possuem um alto gral de perigo, assim o deixando em exposição ou então em contato constantes como as substancias inflamáveis, objetos explosivos, energia elétrica, roubos, violência e as demais profissões que possui um risco elevado.

Bom, mesmo depois de tudo o eletricista não tem exatamente direito ao adicional de periculosidade, para que você entenda melhor, leia a seguir como funcionam as leis.

Lei de periculosidade para eletricistas

De acordo com o artigo 193 da lei 12.740/2012 da CLT foi alterada e acabou abrangendo mais profissionais que poderão passar a receber o adicional de periculosidade, mas como nem tudo é perfeito, a regra é muito mais rígida.

Este artigo relata que todo profissional que tiver contato permanentemente com todas as redes energizadas, deve receber o adicional de periculosidade, com isso muitas pessoas às vezes continham em seus registros de função algo com eletricista, porém trabalhasse no administrativo da manutenção, este profissional de acordo com a lei teria o direito a receber o adicional, mesmo entrando que ele esteja entrando de forma intermitente, o que seria de acordo com a lei, como permanente.

download-2

Assim a lei foi revogada e alterada e proscrita, feito isso, a lei da CLT passou a ser regulamentada e amparada pela NR-16 anexo IV, assim não basta quem o profissional tenha o seu registro de função perigosa registrada dentro do artigo 193, ele necessita ter também as suas atividades catalogadas dentro do anexo IV da NR-16 ou então, terão direito ao adicional de periculosidade, os profissionais que conforme seu artigo 1° são:

  • Os eletricistas que exercem as atividades de instalação ou em equipamentos elétricos energizados em uma alta-tensão.
  • Os eletricistas que realizam as atividades ou trabalham com operações de instalação ou equipamentos elétricos energizados em uma baixa tensão no sistema elétrico de consumo
  • Os eletricistas que prestam serviços para as empresas que operam em instalações ou possuem equipamentos integrantes do sistema elétrico de potência.

Assim, o que vai ficar de mais importante para a norma regulamentadora é a segurança exclusiva do trabalhador, onde existem pontos na lei que menciona para que sejam definidas quem serão os profissionais com contato direto as redes energizadas com frequência, ou seja, parte de sua rotina é aquela cuja sua função não estará em contato rotineiro com a rede energizada.

Categorias
Eletricista Instalações

Dicas de como atrair mais cliente para você eletricista

Os eletricistas geralmente tem que ser muito mais do que sua profissão pede, isto é, ele também deve ser um ótimo vendedor e um excelente negociador, mas a pergunta que muitos se fazem é, como eu faço para vender e executar o meu serviço ao mesmo tempo? Como posso aumentar minha clientela? Enfim, neste artigo vamos ensinar você eletricista a ganhar mais dinheiro com mais cliente.

Vamos começar vender não é uma tarefa fácil, você deve ser persistente, esperteza e deve ter um poder de negociação. Você pode até pensar que fazer esses três requisitos citados a cima ser fácil, vender parece ser uma tarefa simples, etc. Mas como já citei a cima você este muito enganado de pensar assim. Como o nosso país vive uma crise econômica muito forte, vender seu serviço não será nada fácil, você deverá ser persistente assim como se você fosse vender areia no deserto.

Mas não entre em pânico ainda, pois no post a seguir vamos abordar tópicos que irão auxiliar você eletricista a aumentar seus cliente, e assim como consequência aumentar seu faturamento mensal. Mas vale ressaltar que tudo o que vamos falar neste artigo não será uma certeza, mas vai lhe dar um auxilio, e ajudar você dar um salto para atrair os cliente.

Como enfrentar a concorrência em busca dos cliente

O primeiro passo para você aumentar a sua clientela, para que assim o lucro surja naturalmente é preciso que você enfrente seus concorrentes. Mas se você não sabe como faz isso, não se desespere. Mas como você pode ser  melhores do que eles?

Bom, o ideal seria que você fizesse alguns cursos de administração, hoje em dia possuem cursos de administração de apenas 2 meses ou então você pode procurar mais orientações no SEBRAE ou outras empresas que ajudam os microempreendedor, assim lá eles te ensinaram detalhadamente como você ser superior aos seus concorrentes, mas neste artigo vamos dar algumas dicas para que você coloque já em atividade.

1° Dica: Conheça seus concorrentes

Bom este aspecto é muito importante, isso porque, nem um time vence o seu adversário sem que estude suas técnicas, por exemplo, então procure investigar seus adversários, procure saber como eles trabalham, saiba seus preços, utilize todas as cartas que você tenha na manga, mas não se esqueça de utilizar a sua ética profissional.

2° Dica: Seja diferenciado

O que te faz ser melhor que os demais? Por que escolher o seu serviço e não o do concorrente? Estas respostas quem deve responder é você, quando você souber estas respostas você comece a coloca-las em vigor.

3° Dica: Preços

Adote alguns métodos de pagamentos que vai além de ti diferenciar dos demais, vai facilitar para os clientes, seja sempre profissional, não faça serviços “porcos”.

4° Dica: Marca

Seja um profissional, mostre que você trabalha serio, crie uma marca de seu negocio, e assim comece a divulgar a sua marca.

Você também terá que fazer uma separação sobre com o que você irá trabalhar, por exemplo, imagine que você é um eletricista residencial, você tem um excelente publico isso por que você tem clientes tanto em comércios como residencial, assim você devera utilizar meios que faça com que quem esta a sua volta note se trabalho.

Categorias
Dicas Eletricista

Qual o salario minimo de um eletricista? – Exemplos e dicas

O eletricista é um profissional habilitado a fazer instalações elétricas em diversos ambientes residenciais, comerciais e industriais, seguindo as normas técnicas e de segurança. Fazer a manutenção elétrica e instalar equipamentos eletrônicos também está entre suas funções. Os eletricistas qualificados podem trabalhar na indústria, na construção civil, empresas petroquímicas, prestadoras de serviços, em órgãos públicos e como autônomos. O mercado de trabalho para os eletricistas está aquecido e faltam, profissionais qualificados para atender a demanda. Assim os eletricistas com cursos técnicos e de aperfeiçoamento encontra boas oportunidades de empregos. Deste modo surge a pergunta, qual o salario minimo do eletricista?
Chuveiro economico – Como fazer? dicas
Como montar um painel elétrico de 50 amperes ?
Como instalar sistema de monitoramento de camera ?

 

Salario minimo do eletricista

Os eletricistas não possuem um piso salarial único com validade para todo o país. Os sindicatos relacionados à categoria dos eletricistas e aqueles setores onde estes profissionais trabalham têm acordos e convenções coletivas para definir o salário, benefícios adicionais e pagamentos de horas extras para as diversas regiões e tipos de empresas.

A seguir separamos alguns pisos salariais para os eletricistas definidos por alguns sindicatos:

Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção e do Mobiliário de Santos (SP)

  • Trabalhadores qualificados: R$ 1.481,04
  • Trabalhadores não qualificados: R$ 1.074,48

Piso salarial para trabalhadores que prestam serviços na parada, por hora:

  • Eletricista de Força e Controle: R$ 8,69
  • Eletricista de Manutenção: R$ 8,69
  • Eletricista Montador: R$ 8,01
  • Eletricista Qualificado: R$ 11,02

Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil do Espírito Santo (ES)

  • Eletricista: R$ 1.731,40
  • Eletricista de Manutenção: R$ 1.834,80
  • Eletricista de Força e Controle: R$ 2.266,00
  • Eletricista Montador R$ 2.131,80

Salário Médio do Eletricista

O levantamento salarial do site de emprego Catho indica que um eletricista deve ganhar entra R$ 1.008,00 e R$ 2.800,77 com uma média salarial nacional de R$ 1.695,20. Seguem as médias salariais para algumas funções desempenhadas pelos eletricistas:

  • Eletricista Industrial: R$ 1.883,94
  • Eletricista de Veiculo: R$ 1.692,74
  • Eletricista Eletrônico: R$ 2.524,78
  • Eletricista de Instalação: R$ 1.354,21
  • Eletricista de Força e Controle: R$ 1.994,93
  • Eletricista Montador: R$ 1.652,15
  • Eletricista Montador de Painel: R$ 1.666,97
  • Técnico em Eletricista: R$ 2.273,50
  • Entre outros

Os eletricistas ainda devem ganhar um adicional de 30% por causa da periculosidade.

De acordo com uma tabela salarial publicada pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (SP), a média salarial no Estado de SP é de R$ 1.827,64 para os Eletricistas I e R$ 2.058,03 para Eletricista II.

Concursos Públicos

O eletricista pode também ocupar cargos públicos em prefeituras, órgãos estaduais e federais. Concursos recentes com vagas para eletricistas de manutenção e técnicos eletricistas oferecem salários minimo iniciais entre R$ 1.000,00 e R$ 2.300,00 mais adicionais, gratificantes e benefícios.

Sobre a Carreira do Eletricista

As pessoas que desejam seguir a carreira de eletricista encontram uma grande oferta de cursos de qualificação profissional presencial e a distancia em diversas especializações.

Diversas Instituições oferecem cursos gratuitos de eletricista, como por exemplo, o SENAI e o Pronatec.

Além de dominarem as ferramentas e o conhecimento técnicos necessários para exercê-lo da profissão, um bom eletricista precisa ter características como: saber fazer cálculos e interpretar desenhos técnicos, ter uma boa comunicação, ter habilidades para solucionar problemas, ser responsável e deve ser organizado, etc. para que assim você consiga crescer cada vez mais no seu ramo.

Saiba mais sobre o salario do eletricista clicando aqui.