Categorias
Dicas

O que é iluminação indireta e como utiliza-la?

Sem dúvidas a iluminação modifica o ambiente e é algo que deve ter sua relevância levada em consideração na hora de projetar um ambiente. É preciso saber como aplicar a iluminação indireta de acordo com o estilo do lugar e qual o objetivo que você quer transmitir pelo cômodo, adequando assim a necessidade de luminosidade do ambiente.

Iluminação automática de baixo custo – dicas, passo a passo

Como preparar um plano de iluminação ? dicas, passo a passo

Aprenda como fazer a instalação de ar condicionado split – dicas, passo a passo

Assim, um dos focos da iluminação é evidenciar detalhes de arquitetura ou da decoração de cada projeto. Vemos a importância do uso correto da iluminação indireta com o ganho de espaço e cada vez mais sendo reconhecida no mercado.

Como usar a iluminação indireta?

Esse tipo de iluminação indireta não tem um objeto ou espaço direto para iluminar, ela ilumina o lugar como um todo, como se fosse uma luz de ambientação. A iluminação indireta incide na superfície só para depois refletir para iluminar outros pontos de maneira uniforme. Para que haja a otimização em sua reflexão, é indispensável que as superfícies reflexivas predominem as cores claras.

Por ser uma iluminação menos invasiva ao ambiente e não alterar a temperatura, acaba criando um ambiente aconchegante. Também acaba sendo uma forma menos óbvia para decorar sua fachada ou um cômodo de sua casa, por exemplo, além de ser multifuncional, podendo ser utilizada de diversas maneiras.

Um de seus principais objetivos é iluminar discretamente e uniforme, trazendo conforto visual. Vale evitar usar a iluminação indireta em ambientes escuros, caso precise de mais pontos de luz, é interessante recorrer a fontes de iluminação.

Uma idéia interessante para o projeto de iluminação é usar tanto a iluminação direta como a indireta, mas tendo o cuidado para não deixar o ambiente carregado e evitando que o lugar fique escuro com o uso apenas da iluminação indireta.

A iluminação indireta precisa ser posicionada em sancas de gesso, no forro, em detalhes da parede e chão ou em uso de luminárias com filtros com efeito fosco.

É comum encontrarmos a iluminação indireta posicionada para cima, isso para que não seja criada sombra da luz, ofuscar o lugar e fazer a iluminação de modo uniforme.

Como é feita a Iluminação indireta com LED?

A iluminação de LED é aquela que nos proporciona mais liberdade para criar e é usada em todos os tipos de ambientes.

Algumas das vantagens da fita de LED é ter alta durabilidade, economia de energia, ser sustentável e ter uma instalação mais fácil. Além de ser muito funcional, proporcionando decorações modernas ao ambiente.

É possível encontrar as fitas de LED em uma série de cores e é a mais usada para ter iluminação indireta, já que ela simula lâmpadas fluorescentes. Em ambientes como cozinhas, é comum o uso das fitas para iluminar bancadas quando estas são instaladas sob bancadas americanas ou armários aéreos.

Muitas pessoas gostam de utilizar a iluminação indireta com LED em banheiros, iluminando as paredes da pia e espelho, onde elas se encontram atrás deste. Já em ambientes como quartos e salas é comum usar o LED em sancas de gesso para iluminar as cortinas suavemente, unindo-se a estas na decoração.

Categorias
Dicas

Partida de um motor elétrico – Direta ou Indireta – dicas, passo a passo








Com relação à partida de um motor elétrico (que pode ser classificada como direta ou indireta), existem algumas considerações a realizar sobre os seus dispositivos de proteção – nomeadamente o fusível e o relé térmico – que, devendo ser ligados em série com cada fase do motor, têm por objetivo proporcionar uma maior segurança no que respeita à ligação e utilização do motor elétrico nas atividades a que ele se destina.

Motores elétricos – dicas
Motor Trifásico – dicas
Comandos elétricos

Saiba então quais são esses dispositivos (e como funcionam!) e conheça as diferenças entre a partida direta e indireta, seus benefícios e suas desvantagens!

Fusível

O fusível pode ser descrito como um metal que possui uma temperatura de fusão conhecida, com encapsulado por uma redoma feita de vidro ou material plástico isolante. Quando passa por um processo de aquecimento significativo, o metal derrete e interrompe a passagem da corrente elétrica, protegendo assim a fase do motor.

Relé Térmico

Sensível ao aumento da temperatura, o relé térmico é construído com recurso a lâminas bimetálicas que se deformam e que são capazes de abrir o circuito em caso de a fase do motor aquecer em excesso. Além disso, o relé térmico se destaca por uma particularidade muito positiva, a sua permanente capacidade de reutilização, o que faz dele uma peça muito interessante no quesito custo-benefício por conta do seu elevado período de durabilidade.

 

Partida direta: o que é?

Por norma, um motor inicialmente parado, ao ser ligado, sofre um pico de corrente entre 6 a 10 vezes superior à corrente de trabalho desse mesmo motor quando está funcionando. Esse aumento elevado se faz necessário para que a inércia inicial do rotor seja vencida e, por conseqüência, é normalizado quando há uma aceleração até sua velocidade de operação plena.

Assim, por partida direta se entende o ato de ligar as bobinas do motor na fonte de corrente alternada, realizada com segurança por meio dos comandos elétricos. Em termos de benefícios, a partida direta é simples de implementar, necessitando de poucos componentes e de um motor de apenas três saídas; com relação às suas desvantagens, este tipo de partida demanda o superdimensionamento dos dispositivos de proteção para resistir à corrente de pico inicial, o que conduz ao desgaste mais rápido do motor.

Partida indireta, ligação em estrela-triângulo

Por sua vez, a partida indireta é outro método de ativação de motores, que visa a redução do pico inicial de corrente elétrica e cujo funcionamento passa pela ligação do motor de modo a passar uma corrente menos elevada no início, até que ele deixe o estado de inércia. Seguidamente, há lugar à mudança da ligação das bobinas com comandos elétricos para que a corrente total atravesse o motor e ele possa desenvolver a rotação nominal – e, conseqüentemente, evitar o pico da corrente elétrica.

Uma das formas mais conhecidas da partida indireta é a partida em estrela-triângulo, cuja denominação se deve ao seu tipo de ligação (em estrela e em triângulo) com relação aos motores trifásicos – isto é, que possuem três bobinas para o funcionamento do motor em causa.