Categorias
Dicas

Como descobrir a potência do transformador – dicas, passo a passo

Um dia você encontra-se em uma situação onde exista a necessidade para substituir um transformador elétrico numa determinada instalação e quando finalmente consegue encontrar um possível substituto desta máquina você se depara que você não possui a placa de identificação, e aí, o que fazer?

Transformador de voltagem – dicas
Como montar um transformador monofásico
Correção do fator de potência

Pensando nisso, neste artigo você irá aprender de uma forma bem simples a identificar a potência elétrica do transformador de uma maneira bem mais prática.

A construção e o dimensionamento do transformador e a seleção das partes que fazem a sua composição são definidas por diversos fatores diferentes, como por exemplo, o núcleo tem relação direta com a sua potência, e é esse assunto diretamente que iremos abordar hoje.

Definição da potência pelo núcleo do transformador

Caso você seja um profissional tanto de elétrica quanto de eletrônica, certamente já se deparou com o transformador na sua vida. Esta máquina elétrica, o transformador, está presente em diversos equipamentos que estão ao nosso redor diariamente, seja em uma fonte de alimentação de um computador pessoal ou na partida de um motor por auto transformador.

Potência do transformador está diretamente relacionada ao seu núcleo

O detalhe é que em algumas situações e na grande maioria das vezes nas emergências nos deparamos com a necessidade de substituir o transformador por ser tratar de um equipamento que possui uma vida útil muito grande. Quando buscamos todas as características nominais do transformador é possível notar que já não existe mais, seja ele por causa do desgaste da sua placa de identificação ou mesmo pela ausência da mesma, então o que fazer?

Núcleo

O núcleo desta máquina elétrica fala muito de suas características e é através dela que é possível estimar uma das suas principais características, que é a sua potência. O núcleo do transformador traz com uma enorme precisão a potência nominal que é suportada por ele. É possível dizer que o quadrado da área do núcleo do transformador é que o reporta a todos a sua real potência.

Imagine que você está de frente com o transformador que possui um núcleo do tipo “E” e é o que necessita descobrir qual a sua potência, então é possível estimar a potência elétrica que deverá ser dada em Volt Ampere (VA) com um cálculo das dimensões do núcleo.

Não se esquece de que o cálculo é apresentado refere-se ao núcleo do transformador independente do modelo, seja ele do tipo E ou qualquer outro modelo, é preciso somente se atentar em encontrar efetivamente o núcleo do transformador que está em questão.

Como calcular a área do núcleo do transformador

Para iniciar é preciso levantar as duas dimensões do núcleo do transformador em questão, a profundidade bem como a sua largura. Bem simples não é mesmo? Não existe mistério para realizar esse cálculo, é preciso aplicar apenas as fórmulas.

Como foi possível observar que esta dica é muito valiosa e se tratando de um simples dimensionamento onde basta apenas dois cálculos simples para que consiga estimar a potência elétrica do transformador.

Categorias
Dicas

Transformador de voltagem – dicas, tipos

transformador de voltagem é um equipamento que é utilizado na transformação de valores de tensão e corrente, além de serem usados na modificação de impedâncias em circuitos elétricos. Basicamente, o principio de funcionamento de um transformador de voltagem é baseado nas leis de Faraday e Lenz, as leis do eletromagnetismo e da indução eletromagnética, respectivamente.

Veja também Como montar um quadro de distribuição e Como instalar um ar condicionado split

Esse tipo de equipamento possui mais de um enrolamento, sendo que estas partes são chamadas de primário e secundário em casos de transformadores com dois enrolamentos, e em transformadores que possuem três enrolamentos, além dos dois nomes já citados, o terceiro enrolamento é denominado terciário.

Transformador de voltagem - dicas, tipos
Transformador de voltagem – dicas, tipos

Tipos de transformadores de Voltagem

Hoje em dia você encontra vários tipos de transformadores de voltagem: os monofásicos, que operam no máximo em duas fases (127V -220V ); os trifásicos (ou de potência), que funcionam em três fases (220V-380V-440V) e são aplicados na transformação de tensão e corrente, em que eleva-se a tensão e diminui-se a corrente, assim diminuindo a perda por Efeito Joule (perdas por sobreaquecimento nos enrolamentos); os autotransformadores, que tem o seu enrolamento secundário ligado eletricamente ao enrolamento primário e os de baixa potência, que são utilizados unicamente para diminuir impedâncias de circuitos eletrônicos e para casar impedâncias, a utilização deste tipo de transformador se dá a partir da acoplagem deste à entrada do primário de outro transformador.

Os transformadores de voltagem além de serem classificados de acordo com o fim a ser usado ainda existem a classificação de acordo com o núcleo. Os tipos de transformadores de acordo com o núcleo são: os de núcleo de ar, cujos enrolamentos ficam em contato com a própria atmosfera e os de núcleo ferromagnético, onde são usadas chapas de aço laminadas (no geral usam-se chapas de aço-silício, por diminuírem a perda por Corrente de Foucault ou correntes parasitas).

Existem alguns tipos de transformadores que são sensíveis a acoplamento estático nos enrolamentos, por isso eles recebem uma proteção chamada de Blindagem Eletrostática.

Dicas de Como instalar um ventilador de teto Como medir a tensão de uma tomada elétrica

Exemplo prático de transformador de voltagem

Basicamente, o transformador de voltagem que você vê na rua é um típico transformador de potencia trifásico, este recebe a tensão que vem da estação de distribuição, que está no nível de 13,8 KV (13800 Volts) e transforma em 127V e 220V.

O transformador de voltagem que você usa em casa, é um transformador monofásico, ele transforma tanto 127V em 220V como 220V em 127V.

Vale lembrar também que também existem os transformadores de voltagem usados em circuitos eletrônicos, que transformam a tensão da sua rede em tensões significativamente menores.

Os cálculos de transformação de tensão, corrente e número de enrolamento são os seguintes:

Fórmula:

E1/E2 x N1/N2

Quando o numero de espiras é proporcional a tensão.

E1⁄ E2 x I2⁄ I1

Quando a tensão é inversamente proporcional a corrente.

Sendo que:

N1= número de espiras no enrolamento primário

N2= número de espiras no enrolamento secundário

E1= tensão no primário

E2= tensão no secundário

I1= corrente no primário

I2= corrente no secundário

A partir do momento que você toma essa formula como base é possível você chegar também à conclusão de que em caso de ter-se um transformador com N1 > N2 terá um transformador abaixador de tensão e se tiver N1 < N2 terá um transformador elevador de tensão.